Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise técnica: O que a Ferrari trouxe de novidades para o SF21, carro de 2021

Equipe italiana foi a última a lançar seu modelo para 2021 e manteve segredo antes do início da pré-temporada no Bahrein

Análise técnica: O que a Ferrari trouxe de novidades para o SF21, carro de 2021

A Ferrari foi a última equipe a revelar seu carro para a temporada 2021 da Fórmula 1, logo antes do início dos testes no Bahrein e, de início, optou por ocultar alguns dos detalhes mais delicados de seu novo carro.

Antes do SF21 ir à pista do Bahrein, áreas importantes como assoalho, dutos de freio traseiros e difusores, peças essenciais na mudança de regulamento de 2021, ficaram escondidas nas imagens.

Leia também:

Mas agora, após o fim da pré-temporada, é hora de darmos um passo para trás e examinarmos o SF21 com calma. A equipe tratou o carro com muito mais do que apenas uma pincelada de tinta, pois espera que ele seja o início da retomada da Ferrari em direção à ponta do grid após um 2020 desastroso.

A Ferrari examinou claramente cada faceta do carro para buscar mais desempenho para 2021, com o sistema de homologação e fichas, juntamente com as medidas tomadas pela FIA para reduzir o downforce, tendo um impacto na arquitetura do carro.

Ferrari SF21 front wing detail

Ferrari SF21 front wing detail

Photo by: Giorgio Piola

O chefe de chassi, Enrico Cardile, sugeriu que uma nova asa dianteira embelezaria o SF21. Embora o que foi mostrado não seja muito diferente do usado na temporada passada, há uma série de alterações para sugerir que é menos um marcador do que possa parecer à primeira vista.

O arco no plano principal onde se encontra com a seção neutra da asa e o design das pontas do flap, acima de tudo, parecem ter sido reconfigurados a fim de gerar uma versão revisada do vórtice Y250.

Enquanto isso, as inúmeras mudanças que foram feitas na forma da placa de apoio ao longo de 2020 para invocar um regime de fluxo específico resultaram em uma nova reflexão para 2021, enquanto a nadadeira em ângulo externo localizada no topo da placa de apoio também foi alterada.

Será interessante ver se essas mudanças serão mantidas ao longo da temporada ou se a equipe trará designs novos.

Ferrari SF21 detail

Ferrari SF21 detail

Photo by: Ferrari

É claro que a Ferrari fez alterações no bico para 2021, e embora as rivais tenham ido para um formato similar ao da Mercedes, a equipe italiana manteve-se firme em relação ao fato de que a ponta do bico em formato de polegar ainda pode fornecer o desempenho aerodinâmico desejado.

Mesmo que achasse que eles poderiam dar um salto adiante mudando completamente o formato do bico, isso teria custado à equipe as duas fichas de desenvolvimento. Em vez disso, optou por uma plástica, com os pilares frontais voltados para dentro, o que resulta em canais mais estreitos ao lado da ponta do bico.

A capa também foi trazida para a frente do bico, para criar um ponto de entrada mais sinuoso para os canais, enquanto seu corpo principal também foi amplamente trabalhado. Agora, chega até as palhetas giratórias montadas abaixo do chassi.

As próprias palhetas giratórias carregam o mesmo DNA de seus antecessores, com uma saliência em forma de garfo ajustada para encontrar a lateral da capa.

Ferrari SF21 Nose & Cape

Ferrari SF21 Nose & Cape

Photo by: Ferrari

Ferrari SF1000 front wing Russian GP

Ferrari SF1000 front wing Russian GP

Photo by: Giorgio Piola

O SF21 também manteve o duto S, com a entrada encontrada logo abaixo do logotipo da Kaspersky, alimentando uma saída revisada que elimina o capô que apresentava anteriormente, usando a transição entre o bico e o chassi como um meio de liberar o fluxo de ar.

A maioria do grid tem usado aletas em forma de L para flanquear a saída do duto S. Por algum tempo, a Ferrari não utilizada o modelo, mas agora um quarteto de aletas ornamentadas pode ser encontrada em ambos os lados do chassi do SF21.

Ferrari SF21 & SF1000 bargeboard comparison

Ferrari SF21 & SF1000 bargeboard comparison

Photo by: Ferrari

O conjunto de bargeboards vai inevitavelmente mudar ao longo dos próximos meses, mas no lançamento a Ferrari não apresentou muitas alterações. Mas existem algumas diferenças que merecem atenção, incluindo os elementos mais avançados (seta azul) e as agora quase universalmente adotadas venezianas montadas no centro do defletor do sidepod (seta branca).

Girando para a vista frontal do SF21, fica claro que a equipe fez vários ajustes no pacote aerodinâmico para liberar o potencial do carro.

Ferrari SF21 front end

Ferrari SF21 front end

Photo by: Ferrari

As entradas do duto de freio dianteiro, já de proporções significativas (circulado, acima), que ajudam a impulsionar o outwash gerado pela asa dianteira à sua frente, foram revisadas no carro deste ano, com um formato mais angular favorecido, talvez em um esforço para melhor alinhar as superfícies de entrada com os elementos da suspensão e do bargeboard atrás.

Um novo defletor de altura total foi montado entre o sidepod e o defletor externo para melhor proteger a entrada da turbulência criada pelo pneu dianteiro, e isso também ajudará a orientar o fluxo de ar ao redor do sidepod de forma mais eficaz (seta verde).

O ombro da entrada do sidepod foi cortado completamente, reduzindo o tamanho geral da entrada e fornecendo ao fluxo de ar uma rota para a carroceria, com contornos mais pesados na traseira (seta azul). A ripa horizontal acima da entrada tem agora dois geradores de vórtices curtos montados em ambos os lados da haste do retrovisor, reposicionado (setas vermelhas).

Ferrari SF21 detail

Ferrari SF21 detail

Photo by: Ferrari

Assim como a maioria do grid, a Ferrari projetou sua lateral para que ela tenha um fluxo que caia em direção ao assoalho o mais rápido possível, enquanto cria uma saída de resfriamento de cintura alta na parte traseira, para que a região em formato de garrafa de refrigerante seja expandida.

Na tentativa de recuperar algumas das perdas associadas às mudanças das regras deste ano, e para melhorar o desempenho aerodinâmico da parte central do carro, a equipe fez inúmeras mudanças que parecem imitar os ganhos obtidos pela Mercedes na temporada passada.

Ferrari SF21 rear detail

Ferrari SF21 rear detail

Photo by: Ferrari

Mercedes AMG F1 W11 rear suspension

Mercedes AMG F1 W11 rear suspension

Photo by: Giorgio Piola

 

A Ferrari é incapaz de abraçar totalmente o layout de suspensão da Mercedes, pois não tinha fichas suficientes para mudar a estrutura de colisão e o suporte da caixa de câmbio. No entanto, em uma tentativa de imitar, a equipe parece ter gasto suas fichas para alongar o suporte da caixa de câmbio e elevar o ponto em que o braço da suspensão é montado (seta azul).

A forma de suporte da caixa de câmbio provavelmente foi estreitada e elevada para tirar proveito de um canal do assoalho mais exagerado, como aquele reintroduzido pela equipe no final da temporada passada (abaixo).

Também é importante notar que a aba removível em forma de bico de pato na extremidade traseira da estrutura de colisão, que ajudou a redirecionar o fluxo do escapamento para cima, foi encurtada, e um perfil mais recortado foi usado em seu lugar (seta vermelha).

Ferrari SF71H floor channels

Ferrari SF71H floor channels

Photo by: Giorgio Piola

A Ferrari já havia revelado mudanças em seu novo arranjo de caixa de ar durante um vídeo lançado há semanas, com o SF21 equipado com um novo capô que envolve o corpo principal em formato triangular. O que foi ficou claro foi se a caixa de ar ainda estaria flanqueada pelas 'orelhas' usadas no ano passado, mas agora fica claro que está.

Ferrari SF21 detail

Ferrari SF21 detail

Photo by: Ferrari

O assoalho visto mostra o SF21 com um design similar ao visto nos testes de Abu Dhabi no ano passado, que apresentava um trio de aletas no meio do recorte diagonal e um aglomerado de aletas na borda externa do piso logo à frente do pneu traseiro.

Espera-se que o desenvolvimento seja galopante nesta região ao longo do ano, o que significa que provavelmente veremos uma série de soluções diferentes durante a temporada.

Ferrari SF1000 floor comparison, Abu Dhabi GP

Ferrari SF1000 floor comparison, Abu Dhabi GP

Photo by: Giorgio Piola

ERRO BÁSICO da Mercedes e previsão de PÓDIOS da McLaren: Rico Penteado analisa pré-temporada da F1

Parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Pré-temporada 2021 da F1 é a mais crucial desde o começo da era híbrida?

 

.

compartilhar
comentários
Análise técnica: Entenda causa dos problemas da Mercedes no Bahrein

Artigo anterior

Análise técnica: Entenda causa dos problemas da Mercedes no Bahrein

Próximo artigo

Hamilton: não é fácil se manter no topo por tanto tempo

Hamilton: não é fácil se manter no topo por tanto tempo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari
Autor Matt Somerfield