ANÁLISE: Veja o que o modelo em escala real da F1 de 2022 realmente nos diz

Design foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira em Silverstone

ANÁLISE: Veja o que o modelo em escala real da F1 de 2022 realmente nos diz

A Fórmula 1 revelou nesta quinta-feira (15) uma versão em escala real do novo carro para 2022. Esse design sob medida foi apresentado em Silverstone, antes do GP da Grã-Bretanha.

Com um atraso de um ano, o novo modelo verá a F1 retornar à aerodinâmica do efeito do solo pela primeira vez em mais de três décadas.

Leia também:

O carro apresentado tem uma grande semelhança com o design em escala mostrado em 2019, mas tem uma série de mudanças que significam como as equipes encontrarão "bolsões" de desempenho no que, de outra forma, é um conjunto de regulamentos mais restritivo.

Certos aspectos do design geral do carro são uma mudança drástica daquilo que nos acostumamos ao longo dos anos, com as asas dianteiras e traseiras, bico e sidepods mais estilizados em uma tentativa de melhorar a estética.

2022 F1 car

2022 F1 car

Photo by: Formula 1

A asa dianteira é mais limitada em sua capacidade do que no passado recente do esporte, com uma placa final inclinada que lembra as máquinas dos anos 1980, combinada neste caso com planos de mergulho curvados para cima. 

A cerca do duto de freio combinada e o defletor de esteira da roda implantados nesta variante apresentam uma ranhura, sugerindo que as equipes procurarão personalizá-la, a fim de melhorar o fluxo ao redor do pneu dianteiro e influenciar ainda mais o desempenho das superfícies aerodinâmicas a jusante.

O tamanho e a forma da entrada do sidepod obviamente serão diferentes, dependendo de como cada time equilibra suas demandas aerodinâmicas com os requisitos de resfriamento de sua unidade de potência, com uma série de designs provavelmente surgindo, assim como temos agora. 

2022 F1 car

2022 F1 car

Photo by: Formula 1

Embora uma grande porcentagem do downforce gerado por esses carros venha dos túneis sob o chassi, dos quais podemos ver o contorno sendo usado, ainda parece haver um espaço adicional para o desenvolvimento aerodinâmico na borda do assoalho.

Esta tem sido uma indústria artesanal nos últimos anos, à medida que as equipes procuram maneiras de alinhar melhor o fluxo de ar antes que ele alcance o pneu traseiro, a fim de limitar o fluxo lateral de ar no difusor conforme o pneu se deforma.

E, embora a combinação das rodas de 18" e da banda pneu mais rasa, as escuderias ainda buscarão soluções que a reduzam ainda mais, para que o downforce criado pelos túneis sob o assoalho seja mais consistente e incrivelmente potente.

2022 F1 car

2022 F1 car

Photo by: Formula 1

A asa traseira é novamente muito diferente do que estamos acostumados a ver nos últimos anos, não apenas com a asa inferior retornando após uma ausência de oito anos, mas também com uma abordagem muito mais estilizada do design da placa final e elementos de asa.

Esta é também uma tentativa genuína de reduzir o arrasto criado pela montagem, com o vórtice de ponta normalmente criado aqui amplamente anulado.

Vale lembrar que, embora a F1 busque maneiras de erradicar o DRS no futuro, permanecerá em vigor até 2022 e deve ser levado em consideração no projeto da asa traseira.

O carro em tamanho real também foi exibido com um conjunto diferente de calotas, que retornam ao esporte pela primeira vez desde 2009, mais uma vez indicando como as equipes poderão encontrar um desempenho adequado aos seus objetivos gerais.

2022 F1 car

2022 F1 car

Photo by: Formula 1

Rico Penteado analisa primeiras imagens do carro de 2022 da Fórmula 1

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #118: Quais 'passagens de bastão' mais emblemáticas da F1?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Bottas diz que atualização da Mercedes não é "nada grande", mas espera se aproximar da Red Bull

Artigo anterior

F1: Bottas diz que atualização da Mercedes não é "nada grande", mas espera se aproximar da Red Bull

Próximo artigo

F1: Ricciardo esclarece “m....” dita com microfone aberto antes de apresentação

F1: Ricciardo esclarece “m....” dita com microfone aberto antes de apresentação
Carregar comentários