CEO da Fórmula 1 diz que chuva de domingo em Spa não estava prevista

Stefano Domenicali comentou que a organização esperava clima menos adverso e que adiar o GP da Bélgica era "impossível"

CEO da Fórmula 1 diz que chuva de domingo em Spa não estava prevista

O CEO da Fórmula 1Stefano Domenicali, disse que não foi possível fazer uma chamada sobre realizar o GP da Bélgica mais cedo porque a forte chuva que persistiu ao longo do último domingo (29) não estava prevista. As condições eram melhores no início do dia, quando as corridas da F3 e Porsche Supercup foram concluídas com sucesso, embora em pista molhada.

No entanto, depois da água parar e voltar a cair várias vezes a partir da hora do almoço, era inevitável o atraso do início do GP programado para as 10h no horário de Brasília. Que só começou oficialmente às 13h17, atrás do safety car, antes de receber a bandeira vermelha.

Leia também:

A largada tardia só foi possível depois que os comissários da FIA concordaram em "parar o relógio" e estender a janela oficial de três horas em que uma corrida pode ser disputada por uma a mais, com 13h sendo o prazo original.

Alguns sugeriram que organização e categoria poderiam ter previsto que a realização da prova na tarde de domingo seria difícil e que o início poderia ter sido antecipado.

Weather radar screen in the Mercedes garage

Weather radar screen in the Mercedes garage

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Domenicali reconheceu que cabia aos comissários autorizar qualquer mudança na programação do fim de semana, incluindo o horário original de largada.

"Não posso controlar isso", disse ele. "São os comissários que administram caso você queira mudar o horário."

"Pelas informações que tínhamos, era, digamos, considerada chuva normal. Não havia sinal de que teria sido tão forte. Caso contrário, uma decisão poderia ter sido tomada. Você vê que eles ainda pararam o cronômetro para tentar ganhar tempo e ver se havia uma lacuna para a prova."

"Nessas condições, é como jogar a bola para o alto. Poderia estar chovendo desde as 6h ou o que quer que seja. É realmente algo que não dá para prever."

O CEO da F1 também explicou que a corrida não poderia ser adiada para esta segunda-feira (30).

"Não por logística, mas por vários motivos, você não pode agendar para o dia seguinte por muitas coisas, relacionadas a disponibilidade de fiscais, entre outros fatores. Isso foi considerado, é claro, mas não era possível."

F1 AO VIVO - FIASCO NA BÉLGICA: tudo sobre a corrida que NÃO ACONTECEU em Spa; Rico Penteado analisa

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

TELEMETRIA: Quem vai se dar bem na segunda metade da temporada de 2020 da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Wolff: "Devemos fechar o capítulo de Spa e seguir em frente"
Artigo anterior

F1 - Wolff: "Devemos fechar o capítulo de Spa e seguir em frente"

Próximo artigo

F1 - Alonso critica decisão de distribuir pontos no "não-GP" da Bélgica: "Isso é chocante"

F1 - Alonso critica decisão de distribuir pontos no "não-GP" da Bélgica: "Isso é chocante"
Carregar comentários