Cervejarias, bancos e churrascaria; veja marcas brasileiras que já passaram pela F1

Sucesso de Senna, Piquet e Fittipaldi criou tradição de patrocinadores brasileiros na categoria máxima do automobilismo

Cervejarias, bancos e churrascaria; veja marcas brasileiras que já passaram pela F1

Após a confirmação do fim da parceria entre McLaren e Petrobras, a única ligação do Brasil com a Fórmula 1 passa a ser o GP do Brasil, já que o país não tem mais nenhum piloto no grid desde 2017 e nenhuma marca estampada nas cores das equipes.

Leia também:

No entanto, a presença de marcas nacionais na categoria não começou com a petrolífera, mas muito antes, em 1975, com a criação da equipe Copersucar. A empresa da área de açúcar e etanol se associou à Emerson Fittipaldi e desde então, muitas outras chegaram à F1.

Da cerveja ao churrasco, confira as marcas brasileiras que já marcaram presença na categoria máxima do automobilismo.

1975 - Empresa brasileira da área de açúcar e etanol, a Copersucar entrou na F1 em 1975 com equipe própria.
1975 - Empresa brasileira da área de açúcar e etanol, a Copersucar entrou na F1 em 1975 com equipe própria.
1/28

Foto de: LAT Images

1976 - Nos primeiros anos, a marca da empresa era a única estampada em seus carros.
1976 - Nos primeiros anos, a marca da empresa era a única estampada em seus carros.
2/28

Foto de: LAT Images

1977 - Até a chegada de marcas que timidamente, começaram a apoiar a iniciativa.
1977 - Até a chegada de marcas que timidamente, começaram a apoiar a iniciativa.
3/28

Foto de: LAT Images

Em 1978, a Varig, extinta companhia aérea fechou uma parceria de transporte com a Arrows na F1.
Em 1978, a Varig, extinta companhia aérea fechou uma parceria de transporte com a Arrows na F1.
4/28

Foto de: LAT Images

1979 - Como os lubrificantes Varga, que se juntou à Copersucar em 1979.
1979 - Como os lubrificantes Varga, que se juntou à Copersucar em 1979.
5/28

Foto de: Jean-Philippe Legrand

Nelson Piquet contou com o apoio de empesas como Brastemp e Caracu.
Nelson Piquet contou com o apoio de empesas como Brastemp e Caracu.
6/28

Foto de: Sutton Motorsport Images

Em 1980, a Skol foi a patrocinadora principal da equipe de Emerson Fittipaldi. No entanto, a cervejaria, muito famosa no Brasil, foi fundada por um consórcio de empresas europeias e tem suas origens na Bélgica e África do Sul. Hoje, a Inbev detém os direitos da marca na América do Sul.
Em 1980, a Skol foi a patrocinadora principal da equipe de Emerson Fittipaldi. No entanto, a cervejaria, muito famosa no Brasil, foi fundada por um consórcio de empresas europeias e tem suas origens na Bélgica e África do Sul. Hoje, a Inbev detém os direitos da marca na América do Sul.
7/28

Foto de: LAT Images

A força dos pilotos brasileiros passou a atrair marcas para a categoria. Também confundida como marca brasileira, a Parmalat, que tem forte presença no Brasil, é uma empresa italiana.
A força dos pilotos brasileiros passou a atrair marcas para a categoria. Também confundida como marca brasileira, a Parmalat, que tem forte presença no Brasil, é uma empresa italiana.
8/28

Foto de: LAT Images

1981 - A equipe de Fittipaldi atraiu a marca de bicicletas Caloi, em 1981.
1981 - A equipe de Fittipaldi atraiu a marca de bicicletas Caloi, em 1981.
9/28

Foto de: LAT Images

1981 - Além da seguradora Atlântica Boavista.
1981 - Além da seguradora Atlântica Boavista.
10/28

Foto de: LAT Images

1982 - E de outras, como a Brasilinvest.
1982 - E de outras, como a Brasilinvest.
11/28

Foto de: LAT Images

e o Sal Cisne.
e o Sal Cisne.
12/28

Foto de: LAT Images

1982 - Além do Café do Brasil.
1982 - Além do Café do Brasil.
13/28

Foto de: Jean-Philippe Legrand

Senna chegou à F1 apoiado pelo Banco Nacional.
Senna chegou à F1 apoiado pelo Banco Nacional.
14/28

Foto de: LAT Images

Rubens Barrichello atraiu a empresa especializada em molhos e enlatados, Arisco.
Rubens Barrichello atraiu a empresa especializada em molhos e enlatados, Arisco.
15/28

Foto de: Sutton Motorsport Images

Em 1994, a churrascaria Fogo de Chão patrocinou a equipe Simtek no GP do Brasil, pagando a publicidade com fornecimento de refeições. A empresa já havia feito o mesmo em outras temporadas no início dos anos 90.
Em 1994, a churrascaria Fogo de Chão patrocinou a equipe Simtek no GP do Brasil, pagando a publicidade com fornecimento de refeições. A empresa já havia feito o mesmo em outras temporadas no início dos anos 90.
16/28

Foto de: LAT Images

Em meados dos anos 90, o grupo Pão de Açúcar, da família do brasileiro Pedro Paulo Diniz investiu na Forti Corse, expondo marcas vendidas nos supermercados da rede que apoiaram a empreitada do brasileiro e de Roberto Moreno.
Em meados dos anos 90, o grupo Pão de Açúcar, da família do brasileiro Pedro Paulo Diniz investiu na Forti Corse, expondo marcas vendidas nos supermercados da rede que apoiaram a empreitada do brasileiro e de Roberto Moreno.
17/28

Foto de: LAT Images

Diversas marcas estiveram presentes no carro da equipe ao longo da temporada.
Diversas marcas estiveram presentes no carro da equipe ao longo da temporada.
18/28

Foto de: LAT Images

No entanto, a presença de maior peso na F1 foi da Petrobras, que se associou a Williams em 1999.
No entanto, a presença de maior peso na F1 foi da Petrobras, que se associou a Williams em 1999.
19/28

Foto de: Sutton Motorsport Images

Permanecendo com a equipe até 2008.
Permanecendo com a equipe até 2008.
20/28

Foto de: XPB Images

Com a transferência de Massa para a Williams em 2014, a petrolífera voltou a estampar sua marca na equipe.
Com a transferência de Massa para a Williams em 2014, a petrolífera voltou a estampar sua marca na equipe.
21/28

Foto de: Sutton Motorsport Images

Nos anos mais recentes, o Banco do Brasil foi principal patrocinador da Sauber durante a permanência de Felipe Nasr na equipe.
Nos anos mais recentes, o Banco do Brasil foi principal patrocinador da Sauber durante a permanência de Felipe Nasr na equipe.
22/28

Foto de: XPB Images

Desde 2018 a Petrobras esteve próxima à McLaren, fazendo a parceria oficial no início deste ano.
Desde 2018 a Petrobras esteve próxima à McLaren, fazendo a parceria oficial no início deste ano.
23/28

Foto de: Simon Galloway / Motorsport Images

Parceria desfeita dez meses depois.
Parceria desfeita dez meses depois.
24/28

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

A cerveja Itaipava, a bebida energética TNT e o Banco do Brasil também estiveram nos carros da Brawn, em 2009.
A cerveja Itaipava, a bebida energética TNT e o Banco do Brasil também estiveram nos carros da Brawn, em 2009.
25/28

Foto de: XPB Images

Bruno Senna ostentou as marcas da Embratel e da OGX de Eike Batista pela Hispania, em 2010.
Bruno Senna ostentou as marcas da Embratel e da OGX de Eike Batista pela Hispania, em 2010.
26/28

Foto de: XPB Images

Mauricio Gugelmin era o garoto-propaganda da Perdigão na March.
Mauricio Gugelmin era o garoto-propaganda da Perdigão na March.
27/28

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

O Banco Safra esteve no carro da Tyrrell de Ricardo Rosset em 1997 e 1998
O Banco Safra esteve no carro da Tyrrell de Ricardo Rosset em 1997 e 1998
28/28

Foto de: LAT Images

Quer ver Fórmula 2, Fórmula 3, Indy e Superbike de graça? Inscreva-se no DAZN e tenha acesso grátis por 30 dias a uma série de eventos esportivos. Cadastre-se agora clicando aqui.

Siga o Motorsport.com no Twitter, Facebook, Instagram e Youtube.

compartilhar
F1: Bottas diz que foi "bom" impedir vitória de Hamilton nos EUA
Artigo anterior

F1: Bottas diz que foi "bom" impedir vitória de Hamilton nos EUA

Próximo artigo

Alfa Romeo anuncia permanência de Giovinazzi em 2020

Alfa Romeo anuncia permanência de Giovinazzi em 2020