Chefe da DAMS é apontado como novo diretor esportivo da F1; conheça

Um dos motivos para o apontamento do dirigente vem do relatório feito pela FIA em relação ao polêmico GP de Abu Dhabi de 2021

Chefe da DAMS é apontado como novo diretor esportivo da F1; conheça
Carregar reprodutor de áudio

Conhecido pelo trabalho como diretor administrativo da DAMS, Francois Sicard foi escolhido pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para ocupar um cargo equivalente ao de diretor esportivo da Fórmula 1, apurou o Motorsport.com.

O editor recomenda:

Um dos motivos para o apontamento do dirigente vem do relatório feito pela FIA em relação ao polêmico GP de Abu Dhabi de 2021, documento que concluiu que "um novo diretor esportivo será recrutado".

É o cargo que será ocupado por Sicard, embora o 'título' definitivo da função e a descrição do trabalho ainda estejam pendentes de definição. O antigo 'diretor esportivo' era Michael Masi, que também exercia outros trabalhos. Agora, o cargo foi 'reposicionado' entre o chefe do departamento de monopostos da FIA, Peter Bayer, e os novos diretores de prova da F1, Niels Wittich e Eduardo Freitas.

As tarefas de Sicard vão incluir a supervisão do desenvolvimento dos regulamentos esportivos, juntamente com a organização da F1, além de assuntos como calendário e licenciamento de circuitos.

Além da F1, Sicard deve supervisionar F2, F3, F4 e Fórmula 3 Regional Europeia. Sicard nunca esteve envolvido na F1, mas o francês acumulou muita experiência em outros níveis do esporte e trabalhou com vários pilotos.

Formado em administração, ingressou na Renault em 1991 em uma função de marketing, mudando-se para a Renault Sport 10 anos depois. Em 2005, esteve envolvido na criação do campeonato World Series by Renault, que administrou até o final de sua terceira temporada, em 2007. Entre os pilotos notáveis que competiram na categoria durante esse período, estavam Sebastian Vettel, Robert Kubica e Pastor Maldonado.

No final de 2007, ingressou na organização Oak Racing LMP2 como diretor administrativo, permanecendo no cargo por quatro temporadas. Ele se mudou para a DAMS em janeiro de 2012, novamente no cargo de diretor administrativo. Davide Valsecchi conquistou o título da GP2 naquele ano, e Jolyon Palmer igualou esse sucesso em 2014. Desde a mudança para a F2 em 2017, a melhor colocação no campeonato de pilotos foi o segundo lugar de Nicholas Latifi em 2019

Além disso, a DAMS conquistou o título de equipes naquele ano. Kevin Magnussen conquistou o título da Fórmula Renault 3.5 Series com a DAMS em 2013, e Carlos Sainz repetiu o feito no ano seguinte.

A equipe e.DAMS também conquistou três títulos de equipes de Fórmula E sob o comando de Sicard. Outros pilotos de F1 atuais que trabalharam com Sicard na DAMS incluem Alex Albon e Pierre Gasly. A data de início de Sicard em seu novo emprego ainda não é conhecida, mas provavelmente será daqui a algumas semanas, enquanto ele finaliza seus compromissos com a organização da DAMS.

SEXTA-LIVRE: Leclerc, Verstappen e Sainz travam novo duelo nos TLs australianos

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #171 - Má fase da Mercedes indica fim de uma era na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Podcast #172 - TELEMETRIA: Rico Penteado revela se 'nova Melbourne' muda cenário do campeonato
Artigo anterior

Podcast #172 - TELEMETRIA: Rico Penteado revela se 'nova Melbourne' muda cenário do campeonato

Próximo artigo

F1 AO VIVO: Acompanhe o TL3 para o GP da Austrália em Tempo Real

F1 AO VIVO: Acompanhe o TL3 para o GP da Austrália em Tempo Real