Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Evento encerrado
09 jul
-
12 jul
Treino Livre 1 em
08 Horas
:
49 Minutos
:
46 Segundos
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
5 dias
R
GP de 70º aniversário
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
26 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
47 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
54 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
75 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
103 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
110 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
124 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
138 dias

Chefe da Mercedes explica como Hamilton impactou na nova cor do carro de 2020

compartilhar
comentários
Chefe da Mercedes explica como Hamilton impactou na nova cor do carro de 2020
30 de jun de 2020 12:54

Comandante da equipe alemã, Toto Wolff fez relato sobre o que antecedeu a decisão histórica do time de F1

Nesta segunda-feira, a Mercedes tomou uma atitude inédita e mudou as cores de seu carro de Fórmula 1. O tradicional prata deu lugar a um esquema de cores predominantemente preto, em gesto de solidariedade do time na luta contra o racismo. O que vem à tona agora, porém, é o protagonismo do piloto britânico Lewis Hamilton, hexacampeão da categoria, no processo que culminou no novo design da equipe alemã para 2020.

Quem falou sobre isso foi o chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff: “Lewis queria saber que tipo de exemplo podemos dar como equipe, algo que fosse mais além do que dois posts no Instagram. As boas ideias não são o bastante se permanecemos em silêncio, portanto queremos usar a nossa voz para defender o respeito e a igualdade. A Daimler — empresa dona da Mercedes — e os patrocinadores estiveram de acordo na hora."

Leia também:

“Lewis usa o seu alcance para fazer a diferença. Ele quer uma mudança sustentável. Ele me perguntou quantas vezes pensei na cor da minha pele na minha vida e quantas vezes tive a sensação de estar em desvantagem. Fui sincero e disse que nunca", seguiu o dirigente.

"Também nunca me questionei sobre conciliar trabalho com ter um filho, que é algo que acontece com minha esposa o tempo todo. Não se trata somente da discriminação óbvia, mas também da sutil”, disse Toto, casado com Susie Wolff, que comanda a Venturi na Fórmula E.

“Nossa equipe tem somente 3% de afro-americanos e apenas 12% são mulheres. Essa é a falta de diversidade que mostra que precisamos de novas abordagens. Há muitos talentos aos quais a porta da F1 foi fechada por esses motivos. Mas queremos mudar isso”, concluiu o austríaco.

O agradecimento de Hamilton

O piloto destacou o gesto da Mercedes: “É muito importante que aproveitemos esse momento e o utilizemos para nos educar, seja você uma pessoa, marca ou empresa, para fazer mudanças realmente significativas quando se trata de garantir igualdade e inclusão. Vivenciei o racismo na minha vida e vi minha família e amigos vivenciando o racismo, então estou falando de coração quando apelo à mudança."

"Quando falei com Toto sobre as minhas esperanças em relação ao que poderíamos alcançar como equipe, disse que era muito importante que nos mantivéssemos unidos. Gostaria de agradecer imensamente a Toto e ao Conselho da Mercedes por dedicarem tempo para ouvir, conversar e realmente entender as minhas experiências e paixões, e por fazer esta importante declaração de que estamos dispostos a mudar e melhorar o negócio", seguiu o britânico.

"Queremos construir um legado que vai além do esporte e, se pudermos sermos os líderes e começarmos a construir mais diversidade em nosso negócio, isso vai enviar uma mensagem tão forte e vai dar aos outros a confiança necessária para começar um diálogo sobre como eles podem implementar mudança”, completou Hamilton, que busca seu sétimo título mundial da F1 na temporada de 2020.

F1 está de volta! Acompanhe um guia sobre o "novo normal" da categoria

PODCAST: F1 pronta para volta! Sérgio Sette Câmara explica como será protocolo 

 

.

Próximo artigo
F1: Pilotos cogitam fazer manifestação contra o racismo no GP da Áustria

Artigo anterior

F1: Pilotos cogitam fazer manifestação contra o racismo no GP da Áustria

Próximo artigo

Ricciardo revela expectativa por GP de F1 em Mugello: "Seria louco"

Ricciardo revela expectativa por GP de F1 em Mugello: "Seria louco"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lewis Hamilton Compre Agora