Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Ex-parceira de times nanicos entra em concurso para câmbio único da F1

compartilhar
comentários
Ex-parceira de times nanicos entra em concurso para câmbio único da F1
Por:
26 de fev de 2019 14:47

Especialista em câmbios, Xtrac está entre empresas que entraram em concorrência para ceder câmbios a todos os times em 2021

A Xtrac, especialista na produção de transmissões, apresentará uma proposta de contrato para fornecer câmbios para todas as equipes de Fórmula 1 nas temporadas de 2021 a 2024.

A FIA publicou na semana passada um concurso para o fornecimento de um câmbio comum de sete marchas para reduzir os custos da categoria.

Leia também:

A Xtrac é bem conhecida no paddock da F1, já que já forneceu componentes para várias equipes no passado e forneceu caixas de câmbio completas para a Lotus Racing, Hispania e Marussia.

"Acho que seria de se esperar que apresentássemos uma proposta", disse o diretor Peter Digby ao Motorsport.com.

“Eu acho que é uma ótima ideia, eu realmente gosto. Acho que existe uma grande economia que pode ser obtida se o produto certo for fornecido a todas as equipes. Pode-se oferecer confiabilidade e economizar muito em desenvolvimento contínuo que as equipes inevitavelmente fazem.”

“O concurso solicitou um câmbio moderno e a capacidade de fornecimento. Eu acho que é uma proposta muito boa, eles fizeram todos os pedidos certos e é impressionante o trabalho, embora isso tenha vindo um pouco mais tarde que o esperado.”

Digby admitiu que o prazo foi um grande desafio para os fornecedores em potencial, já que as condições foram apenas publicadas na semana passada.

"É um prazo apertado para trabalhar. Temos que enviar tudo até 15 de março, então é um período curto. Mas isso é automobilismo e estamos acostumados a prazos apertados.”

“Temos muito trabalho a fazer, temos que consultar nossos advogados e etc. para garantir que tudo esteja ok, mas parece um documento sensato, devo dizer. Estamos muito entusiasmados com o conceito se ele continuar.”

Digby está confiante de que uma oferta comum de câmbio levará a um menor gasto das equipes: “deve ser possível obter uma economia de custos quando você observa que está produzindo um câmbio para 10 equipes. Há seis modelos diferentes para caixas de câmbio o momento”.

"Deve ser mais econômico, mas precisamos ver como isso funciona. As equipes de F1 normalmente fazem uma nova caixa de câmbio a cada dois ou três anos, então você economiza esse custo.”

"Com as ferramentas, que são bastante substanciais, você economizará em todas as equipes diferentes."

Estande da Xtrac

Estande da Xtrac

Photo by: LAT Images

Próximo artigo
ANÁLISE: Conta liderar os testes da F1? A história diz que não

Artigo anterior

ANÁLISE: Conta liderar os testes da F1? A história diz que não

Próximo artigo

Boullier: não estava "desesperado" para função pós-McLaren na F1

Boullier: não estava "desesperado" para função pós-McLaren na F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper