F1 2022: Saiba detalhes do mercado de pilotos para próxima temporada

Fique por dentro de como está o quebra-cabeças do campeonato do próximo ano

F1 2022: Saiba detalhes do mercado de pilotos para próxima temporada

A chamada silly season da Fórmula 1 está chegando, mas como ela deve ser? Descubra quais pilotos estão confirmados e quais podem estar no grid aqui.

Embora várias vagas tenham sido confirmadas para 2022, alguns lugares ainda precisam ser oficialmente ocupados. Veja como o grid do próximo ano está se configurando.

Leia também:

Mercedes

A Mercedes é, sem dúvida, a equipe com mais atenção em sua dupla de pilotos. Rumores de que George Russell será promovido acontece há anos, embora até agora Valtteri Bottas tenha conseguido afastá-lo com contratos de um ano. O excelente desempenho de Russell como substituto de Hamilton no GP de Sakhir de 2020 rendeu a ele mais elogios e o indicou como um futuro piloto da Mercedes. Com Russell continuando a melhorar e Bottas continuando a ser ultrapassado pelo companheiro de equipe Lewis Hamilton, 2022 poderia ser o ano de Russell?

Pilotos confirmados:

Piloto 1: Lewis Hamilton - Hamilton está confirmado para ficar com a Mercedes por pelo menos mais dois anos, tendo estendido seu contrato para 2022 e 2023.

Piloto 2: ainda não confirmado

Potenciais pilotos:

Valtteri Bottas: O atual contrato do finlandês termina este ano, após cinco temporadas com a equipe. Bottas, ao contrário de Hamilton, em grande parte teve contratos de um ano.

George Russell: O contrato de três anos de Russell com a Williams termina nesta temporada e ele é amplamente indicado para ser o novo piloto da Mercedes nas próximas semanas. Ele está atualmente no programa de jovens pilotos da Mercedes e mostrou grande potencial na Williams, mais lenta, garantindo seus primeiros pontos para a equipe no GP da Hungria de 2021.

George Russell, Mercedes-AMG F1 and Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1

George Russell, Mercedes-AMG F1 and Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Red Bull

A Red Bull está em uma posição semelhante à da Mercedes: presa à tarefa nada invejável de encontrar um companheiro de equipe que corresponda a um talento. Enquanto Verstappen está vinculado ao time por pelo menos mais duas temporadas, a infame segunda vaga na Red Bull é mais aberta. O atual piloto, Sergio Pérez, parece ser a aposta mais segura, já que o fluxo de pilotos juniores da Red Bull está se esgotando, no entanto, seu contrato atual termina no final da temporada.

Pilotos confirmados:

Piloto 1: Max Verstappen - o contrato atual de Verstappen com a Red Bull, acordado em janeiro de 2020, vale para as temporadas de 2022 e 2023.

Piloto 2: ainda não confirmado

Potenciais pilotos

Sergio Pérez: O mexicano está atualmente em um contrato de um ano, mas o consenso é que ele fez o suficiente para manter a vaga, e o chefe da equipe, Christian Horner, indicou que o negócio deve ser estendido. Também há considerações comerciais com o mexicano.

McLaren

A McLaren já tem pilotos em ambos os assentos, com Lando Norris e Daniel Ricciardo provavelmente permanecendo até pelo menos 2023. Esta consistência em sua linha de pilotos pode ajudá-la a continuar as melhorias que a equipe tem feito nos últimos anos.

Pilotos confirmados:

Piloto 1: Lando Norris - em maio, Norris assinou uma extensão de contrato “plurianual” que o levará além da próxima temporada.

Piloto 2: Daniel Ricciardo - o australiano não teve um primeiro ano fácil com a McLaren, mas seu contrato inicial continua até o final da temporada de 2023.

Daniel Ricciardo, McLaren MCL35M, Lando Norris, McLaren MCL35M

Daniel Ricciardo, McLaren MCL35M, Lando Norris, McLaren MCL35M

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Aston Martin

A Aston Martin também tem sua formação de pilotos confirmada, com Sebastian Vettel e Lance Stroll liderando a equipe baseada em Silverstone.

Pilotos confirmados:

Piloto 1: Sebastian Vettel - o contrato do tetracampeão mundial com a Aston Martin vale para a próxima temporada, e fala-se de uma extensão.

Piloto 2: Lance Stroll - O lugar de Stroll na Aston Martin, de propriedade de seu pai Lawrence, é seguro para o futuro previsível.

Alpine

A Alpine tem os dois assentos contabilizados até o final de 2022, enquanto a equipe francesa firmou contrato com Esteban Ocon até o final da temporada de 2024. A contratação de Fernando Alonso estava em parte relacionada aos novos regulamentos, que foram adiados de 2021 para 2022.

Pilotos confirmados:

Piloto 1: Fernando Alonso - o negócio original do espanhol, anunciado em julho de 2020, tinha opções. No entanto, os dois lados estão felizes e ele deve ficar pelo segundo ano em 2022.

Piloto 2: Esteban Ocon - em junho, a Alpine anunciou que Ocon ficará com a equipe até pelo menos 2024.

Fernando Alonso, Alpine F1, celebrates with Esteban Ocon, Alpine F1, 1st position, in Parc Ferme

Fernando Alonso, Alpine F1, celebrates with Esteban Ocon, Alpine F1, 1st position, in Parc Ferme

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Ferrari

A Ferrari também tem um conjunto completo de pilotos rumo à temporada de 2022, apesar de seu crescente programa de jovens pilotos, incluindo os atuais pilotos de F1 Antonio Giovinazzi e Mick Schumacher.

Pilotos confirmados:

Piloto 1: Charles Leclerc - em dezembro de 2019, a Ferrari confirmou que Leclerc permanecerá como piloto de Maranello até 2024.

Piloto 2: Carlos Sainz Jr - o espanhol estará no segundo ano de seu contrato atual de dois anos com a Ferrari em 2022.

AlphaTauri

A AlphaTauri é uma das quatro equipes que não tem pilotos confirmados para a temporada de 2022, embora tenha uma gama de opções tanto na F1, quanto na F2. É muito provável que a atual formação de Pierre Gasly e Yuki Tsunoda mantenha seus assentos, mas sem nada confirmado (e a Red Bull notoriamente ousada com suas escolhas de pilotos), ainda está em aberto.

Pilotos confirmados:

Piloto 1: ainda não confirmado

Piloto 2: ainda não confirmado

Potenciais pilotos

Pierre Gasly: ​​O francês tem um contrato de longo prazo com a Red Bull até o final de 2023 e, embora ele não tenha sido oficialmente anunciado para 2022, seu lugar na AlphaTauri não está em dúvida. Em janeiro de 2021, o chefe da equipe AlphaTauri, Franz Tost, disse que duvidava que a Red Bull o deixasse sair facilmente, enquanto o consultor da Red Bull, Dr. Helmut Marko, comentou em julho de 2021 que “este é o melhor Gasly que vimos até agora”.

Yuki Tsunoda: Tsunoda tem um contrato de longo prazo com a Red Bull e tem muito ímpeto atrás dele. Uma série de acidentes não o ajudou, mas o chefe da equipe Franz Tost indicou que ficará feliz em manter o japonês pelo segundo ano, dizendo que não "vê nenhuma alternativa" para a atual escalação para 2022 .

Juri Vips: Como principal candidato da Red Bull na FIA F2, atualmente em quinto lugar no campeonato, Vips é o homem que mantém Tsunoda alerta, e o estoniano continua sendo uma aposta que corre por fora.

Yuki Tsunoda, AlphaTauri AT02

Yuki Tsunoda, AlphaTauri AT02

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Alfa Romeo

A Alfa Romeo tem uma escolha difícil em suas mãos, e a equipe pode ser a única a entrar em 2022 com dois novos pilotos. Nem Kimi Raikkonen ou Antonio Giovinazzi têm contratos que vão além de 2021, e rumores sobre quem ocupará os dois lugares estão voando.

Pilotos confirmados:

Piloto 1: ainda não confirmado

Piloto 2: ainda não confirmado

Potenciais pilotos

Kimi Raikkonen: Aos 41, é óbvio que Raikkonen está se aproximando do fim de sua carreira e, embora haja sugestões de que esta pode ser sua última temporada, nem o finlandês nem a equipe tomaram qualquer decisão sobre seu futuro.

Antonio Giovinazzi: Crucialmente, o último acordo de patrocínio da Alfa Romeo não garante um assento para um piloto da academia da Ferrari, e isso enfraquece a posição de Giovinazzi. O italiano está há três anos na equipe e tem feito um bom trabalho ultimamente, mas a sua vaga continua ameaçada.

Callum Ilott: O piloto reserva Ilott impressionou a equipe com sessões de TL1, mas o acordo com a Alfa enfraqueceu sua posição, e há poucos imperativos comerciais para dirigi-lo.

Valtteri Bottas: O finlandês tem duas opções óbvias, caso seja dispensado pela Mercedes: Alfa Romeo ou Williams. Seu conhecimento interno de como a Mercedes opera será obviamente útil. Anteriormente, ele guiou para o chefe da equipe Fred Vasseur na GP3.

Robert Shwartzman: Como Ilott, as chances de Shwartzman não foram ajudadas pelo novo acordo da Alfa, mas suas conexões com a academia da Ferrari ainda são úteis. Ele atualmente está em terceiro lugar na F2.

Mick Schumacher: Embora seja amplamente esperado que permaneça na Haas pela segunda temporada, Schumacher ainda pode entrar na Alfa, caso a Ferrari opte por tal mudança.

Callum Ilott, Alfa Romeo Racing

Callum Ilott, Alfa Romeo Racing

Photo by: Alfa Romeo

Haas

Atualmente, a Haas está com os dois assentos disponíveis, embora seja difícil imaginar que Mick Schumacher ou Nikita Mazepin irão desocupar seus respectivos lugares este ano. Os dois novatos estão aprendendo o básico até agora em 2021, e o patrocínio de ambos provavelmente os ajudará a continuar em 2022.

Pilotos confirmados:

Piloto 1: ainda não confirmado

Piloto 2: ainda não confirmado

Potenciais pilotos

Nikita Mazepin: O plano para Mazepin sempre foi baseado em um ano de aprendizado com Haas, seguido por uma estadia prolongada com a equipe, mas ele ainda não foi anunciado formalmente para 2022. Ele, no entanto, comentou em abril de 2021 que ele “com certeza vai passar alguns anos pelo menos neste paddock”, sugerindo uma prorrogação para 2022 e além.

Mick Schumacher: Como no caso de Mazepin, o alemão deve permanecer após uma temporada de aprendizado com a Haas, mas nenhum anúncio foi feito. Um movimento lateral para a Alfa Romeo permanece uma possibilidade pequena.

Williams

Junto com a Mercedes, os pilotos da Williams para 2022 são muito esperados. A principal razão para isso é novamente George Russell - ele permanecerá na Williams ou será promovido para a Mercedes (e, em caso afirmativo, quem o substituirá?). Após a venda da equipe para a Dorilton Capital em 2020, a empresa teve um novo fluxo de caixa, reduzindo a necessidade de pilotos pagantes. Podemos ver uma surpresa para 2022?

Pilotos confirmados:

Piloto 1: ainda não confirmado

Piloto 2: ainda não confirmado

Potenciais pilotos

George Russell: Espera-se que Russell se junte a Lewis Hamilton na Mercedes, mas até que o negócio seja anunciado, ele permanece no quadro pelo quarto ano com a Williams.

Nicholas Latifi: Ele vem com um patrocínio valioso que a equipe ainda pode ter que contar. Um bom desempenho na Hungria indicou que ele é melhor do que muitos pensam.

Valtteri Bottas: Caso Bottas seja descartado pela Mercedes, a mudança de volta para a Williams, que correu pela última vez em 2016, continua sendo uma opção. A equipe está muito mais atraente agora do que há alguns anos.

Nico Hulkenberg: Hulkenberg tem estado de fora como reserva do Aston Martin este ano, depois das aparições na Racing Point no ano passado. Ele correu pela Williams em 2010 e teria um apelo óbvio para o compatriota e atual chefe da equipe Jost Capito.

Daniil Kvyat: Agora livre de qualquer vínculo com a Red Bull e servindo como reserva para a Alpine, Kvyat continua no topo da lista de pilotos com experiência recente na F1.

F1: RUSSELL na Mercedes? PÉREZ fica na RBR? E Bottas? O que esperar do MERCADO de PILOTOS para 2022!

PODCAST: Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

 

.

 

 

compartilhar
comentários
F1 - Pérez: "Sinceridade de Marko é boa para meu desempenho"
Artigo anterior

F1 - Pérez: "Sinceridade de Marko é boa para meu desempenho"

Próximo artigo

VÍDEO: Alonso e Alpine fazem história com carro de F1 em Le Mans

VÍDEO: Alonso e Alpine fazem história com carro de F1 em Le Mans
Carregar comentários