F1: Alonso defende estratégia da Aston de optar por pneus médios durante chuva no GP de Mônaco

Fernando Alonso acredita que Aston Martin não errou em seu primeiro pitstop no Grande Prêmio de Mônaco, uma vez que ele estava sentindo que o circuito estava "99% seco" naquela parte da corrida

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23, makes a pit stop

Glenn Dunbar / Motorsport Images

A garoa durante o GP de Mônaco de Fórmula 1 acabou se transformando em chuva mais forte, o que levou uma série de pilotos a optar pelo pneu intermediário em uma tentativa de antecipar a piora das condições.

Valtteri Bottas e Lance Stroll lideraram a troca, com Zhou Guanyu e Alex Albon seguindo o exemplo. Fernando Alonso fez seu primeiro pit stop no final da 54ª volta de 78 e, contra a tendência, escolheu um jogo de pneus médios. Mas a chuva piorou consideravelmente na volta seguinte e ele rapidamente admitiu a derrota e seguiu Max Verstappen nos boxes para intermediários.

Leia também:

Essa parada adicional colocou Alonso mais de 20 segundos atrás, custando-lhe uma chance realista de quebrar o domínio da Red Bull sobre as vitórias em 2023. Alonso ficou surpreso com o questionamento da parada e calculou que o circuito estava quase seco o suficiente para slicks no momento que a equipe o chamou, tendo previsto apenas uma pequena chuva naquele ponto.

“Para mim, ficou muito claro que a pista naquela volta em que paramos estava completamente seca, exceto nas curvas 7 e 8. Então, por que colocaríamos os intermediários, quando a pista estava 99% seca?

“A previsão do tempo era de chuva fraca, era o que tínhamos [no radar] como equipe. Tínhamos muita margem atrás de nós para colocar os pneus de seco e, se necessário, os pneus intermediários. Talvez fosse mais seguro, não sei. Aquele minuto e meio que levou para passar pelas curvas 5, 6, 7 e 8 mudou completamente", explicou.

Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team, 2nd position, sprays Champagne on the podium

Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team, 2nd position, sprays Champagne on the podium

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Alonso explicou que no seco não esperava ter chance de vencer Verstappen e elogiou sua equipe por pelo menos ser "agressiva" com sua estratégia de ir contra o piloto da Red Bull na escolha inicial dos pneus - Alonso começou a corrida com duros e Verstappen com médios.

A estratégia havia sido empregada na esperança de que os pneus médios degradassem mais que os duros, mas Alonso se surpreendeu com a baixa degradação do composto médio.

"Acho que não tivemos chance, para ser honesto. Acho que fomos corajosos na estratégia; não é normal você largar na primeira linha e escolher o pneu duro, tentando fazer o oposto dos líderes. Isso mostra o comprometimento da equipe e a agressividade de todos na Aston Martin para tentar a vitória"

“Sabíamos que havia alguma desvantagem nessa estratégia. Poderíamos terminar talvez em P5, P6 ou algo assim - fora do pódio. Mas esta manhã discutimos e dissemos que tínhamos alguns pódios este ano, então vamos para o tudo ou nada. Acho que a estratégia foi boa. Mas o pneu médio estava se comportando surpreendentemente bem em nossa opinião".

“Esperávamos mais granulação ou degradação maior, e Max conseguiu fazer 50 voltas em um ritmo incrível. Essa foi a razão pela qual ele venceu a corrida: não por causa da estratégia, ele foi mais rápido do que nós", encerrou.

PÓDIO AO VIVO: O melhor debate sobre o GP de Mônaco de Fórmula 1 é aqui!

Aston-Honda na F1 2026: Detalhes, impacto para RBR/Mercedes e o fator Alonso

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: após críticas de Max e Lewis, dá para dizer que F1 está perdendo seu DNA?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Chefe da Mercedes vê melhora de "horrível" para "ruim"
Próximo artigo F1: Horner revela que Verstappen e Red Bull estavam "na corda bamba" antes da chuva em Mônaco

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil