Fórmula 1
R
GP de 70º aniversário
07 ago
Próximo evento em
1 dia
04 set
Próximo evento em
29 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
36 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
50 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
113 dias

F1: Bottas nega ter desacelerado no final do GP para atrapalhar Hamilton e afirma que não há tensão na equipe

compartilhar
comentários
F1: Bottas nega ter desacelerado no final do GP para atrapalhar Hamilton e afirma que não há tensão na equipe
Por:
8 de jul de 2020 18:13

O finlandês explicou que a volta mais lenta foi feita para buscar o ponto extra pela volta mais rápida no último giro da prova

Nas últimas voltas do GP da Áustria de Fórmula 1, Lewis Hamilton estava acelerando ao máximo, para neutralizar sua penalização e se manter em segundo lugar. Porém, à frente, Valtteri Bottas vinha mais lento, limitando o ritmo do britânico. Mas, segundo o finlandês, a razão pelo ritmo não tinha nada a ver com o companheiro de equipe, e sim com o ponto extra.

Mesmo com Hamilton limitado pela velocidade mais baixa de Bottas, a Mercedes optou não por não pedir que o finlandês desse espaço ao companheiro para tentar abrir a diferença necessária para se manter em segundo.

Leia também:

Na 70ª volta, Bottas teve uma redução significativa de ritmo, fazendo uma volta 2s5 acima do tempo que vinha fazendo, antes de retomar a velocidade na última volta. Quando perguntado a razão para isso, Bottas disse que fez esse giro mais lento para buscar o ponto extra da volta mais rápida no final.

"Quando você está na frente, quer minimizar os riscos", disse. "E você obviamente precisa desacelerar pelo menos meio segundo, e mais para bandeiras amarelas [em referência ao abandono de Kvyat]. Então eu fiz isso".

"Mas eu também sabia que havia uma oportunidade de buscar a volta mais rápida. Seria besteira não tentar, mesmo se não pudéssemos usar os kerbs, mas pelo menos tentar dentro dos limites. Então eu estava me preparando também".

Hamilton insiste que acredita que Bottas não desacelerou para o prejudicar.

"Eu acabei de ver Valtteri", disse Hamilton. "E, honestamente, eu o conheço melhor que muitas pessoas, tendo trabalhado com ele nos últimos anos, e isso não é algo que esteve na minha mente, porque não é algo que ele faria".

"Eu sei que ele não faria algo do tipo, ele é um piloto honesto e quer ganhar apenas por seu mérito. E eu acredito quando ele diz que não faria algo do tipo".

Bottas também insiste que não há tensões com Hamilton após o final de semana. Antes da corrida, a última volta rápida de Hamilton no Q3 foi comprometida quando Bottas, que já estava na pole, deu uma escapada na sua frente.

Hamilton acabou a classificação em segundo, mas no dia seguinte foi punido, caindo para quinto, por não desacelerar no trecho da escapada de Bottas, que estava sob bandeira amarela.

O finlandês admitiu o erro com a escapada, mas deixou claro que tudo havia sido resolvido com o companheiro de equipe.

"Existem incidentes e momentos de falta de sorte", disse. "E tenho certeza que vocês sabem que na F1 muitas coisas podem acontecer, e que de vez em quando elas não acontecem como queremos".

"Nós tivemos uma conversa, muito aberta, sobre tudo. Analisamos a corrida do meu ponto de vista, do de Lewis e o da equipe, e não existe tensão, pelo menos não que eu saiba".

"Ele tem uma grande experiência no esporte, então ele sabe que coisas assim acontecem. Então, não há tensão. Pelo menos tivemos, como equipe, um bom resultado no final".

"Obviamente poderia ter sido melhor. Mas ainda estamos na liderança dos construtores e eu ganhei a corrida, então o início da temporada poderia ter sido pior".

'Declaração de guerra': veja como o GP da Áustria de F1 gerou uma briga entre Mercedes e Red Bull

PODCAST: Entrevista com Bruno Senna: a trajetória no automobilismo e histórias com tio Ayrton Senna

 

TELEMETRIA: Rico Penteado comenta volta de Alonso e GP da Estíria

Artigo anterior

TELEMETRIA: Rico Penteado comenta volta de Alonso e GP da Estíria

Próximo artigo

Renault não planeja colocar Alonso em treinos livres em 2020

Renault não planeja colocar Alonso em treinos livres em 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Valtteri Bottas Compre Agora
Autor Adam Cooper