Fórmula 1
07 ago
Corrida em
07 Horas
:
28 Minutos
:
14 Segundos
04 set
Próximo evento em
25 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
32 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
46 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
109 dias

Webber sai em defesa de Vettel após GP da Áustria: "Acredito que ele ainda tem algo a mostrar"

compartilhar
comentários
Webber sai em defesa de Vettel após GP da Áustria: "Acredito que ele ainda tem algo a mostrar"
Por:
8 de jul de 2020 16:00

O ex-companheiro de Vettel na Red Bull falou sobre como o relacionamento do piloto com a Ferrari se deteriorou

A performance de Sebastian Vettel durante o final de semana do GP da Áustria de Fórmula 1 continua dando o que falar. Após vários ex-pilotos criticarem o tetracampeão sobre o incidente com Sainz, seu ex-companheiro de Red Bull, Mark Webber, saiu em defesa do alemão, afirmando que a fonte do problema está no relacionamento do piloto com a equipe.

Vettel sofreu na primeira corrida após a confirmação de sua saída da equipe. No sábado, ele ficou de fora do Q3, terminando apenas em 11º e, na corrida, um toque com Carlos Sainz levou o alemão ao fundo do grid, terminando apenas em 10º.

Leia também:

Por outro lado, seu companheiro de equipe, Charles Leclerc, saiu da sétima posição para terminar em segundo na prova.

Segundo Webber, que passou cinco anos ao lado de Vettel na Red Bull, o alemão parecia "vazio" após a prova austríaca - uma prova de que "o casamento acabou".

"O relacionamento acabou", disse Webber ao podcast In the Fast Lane. "A química acabou, o casamento acabou. Sebastian está vestindo vermelho, andando com um carro vermelho, mas ele está fazendo isso sozinho".

"De uma perspectiva de dinâmica, acho que Sebastian estava vazio após a corrida. Acho que, na visão dele, o quanto mais rápido isso acabar, melhor será para todos os envolvidos".

Webber acrescentou que a natureza da rejeição de Vettel - descobrir pelo telefone que não haveria negociações para renovar - fala muito sobre como o relacionamento foi se deteriorando.

"Acho que isso surpreendeu a maioria de nós, e Sebastian foi o maior surpreendido. Principalmente pelo modo que ele descobriu, pelo telefone, sem nem haver um esforço de conversar com ele frente a frente".

"Claramente o relacionamento, ou a dinâmica, não era saudável e eles julgaram melhor não dar continuidade. E esses contratos não são levados levianamente. Não é como se tivesse na mesa um contrato de um ano, ou esses rumores que estavam na imprensa de que Sebastian estava pedindo um contrato de longo prazo".

"Isso não estava nem nos planos. A Ferrari nem chegou a considerar".

Webber não espera uma aposentadoria imediata de Vettel, acreditando que, mesmo que ele tire um ano sabático, ele estará de volta em 2022.

"Não acredito que tenha acabado. Acho que ele ainda tem chances em 2022. Quem sabe um 2021 na Red Bull? Acho que ele precisa se energizar, reinventar e tirar Maranello de sua cabeça".

"O relacionamento dele com a Ferrari foi de mal a pior".

"Acho que ainda é cedo para falar sobre legado. Podemos falar disso quando o momento chegar. Acredito que ele estará no grid no futuro, seja em 2021 ou 2022. Acredito que ele ainda tem algo a mostrar".

'Declaração de guerra': veja como o GP da Áustria de F1 gerou uma briga entre Mercedes e Red Bull

PODCAST: Entrevista com Bruno Senna: a trajetória no automobilismo e histórias com tio Ayrton Senna

 

Vitórias em Le Mans, frustração na Indy, aventura no Dakar: Alonso usou anos fora da F1 para se aventurar pelo automobilismo

Artigo anterior

Vitórias em Le Mans, frustração na Indy, aventura no Dakar: Alonso usou anos fora da F1 para se aventurar pelo automobilismo

Próximo artigo

TELEMETRIA: Rico Penteado comenta volta de Alonso e GP da Estíria

TELEMETRIA: Rico Penteado comenta volta de Alonso e GP da Estíria
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Andrew van Leeuwen