F1: Caso Horner será retratado em Drive To Survive; confira detalhes

James Gay-Rees produtor executivo confirma que assunto será tratado da melhor forma possível

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing, Helmut Marko, Consultant, Red Bull Racing

Zak Mauger / Motorsport Images

James Gay-Rees, produtor executivo da série de sucesso da Netflix sobre a Fórmula 1, Drive to Survive, falou sobre como o escândalo envolvendo Christian Horner será tratado na próxima temporada.

Leia também:

O calendário de 2024 mal tinha começado quando a Red Bull foi colocada em evidência por conta do que acontecia nos bastidores. A equipe de Milton Keynes informou que estava abrindo uma investigação interna contra o chefe da equipe, Horner, após o britânico ter sido denunciado por mau comportamento com uma funcionária.

Depois de algumas semanas, a investigação foi encerrada e Horner 'inocentado,' contudo, pouco tempo depois, durante os treinos do GP da Arábia Saudita, supostas provas do caso, um drive com 79 arquivos, vazaram para imprensa e membros do alto escalão da F1. 

Há algumas semanas, foi informado pela imprensa que a Red Bull suspendeu a funcionária que fez a denúncia, mas há rumores de que ela ainda pretende recorrer, portanto a história não está completamente encerrada.

O jornal Telegraph entrou em contato com James Gay-Rees, produtor executivo de Drive to Survive, que disse que a série analisaria o caso Horner: "Sim, teremos que nos referir a ele de alguma forma e todo mundo quer que a história seja contada de uma determinada maneira, então é preciso traçar uma linha para manter todos felizes - nós e a Netflix - para que possamos dormir à noite com as decisões que tomamos."

"É preciso haver um equilíbrio. Acho que Horner está bem no momento, mas acho que ainda não está tudo resolvido. Tudo depende da evolução do caso. Não sei o que está por trás disso e, francamente, não tenho uma opinião sobre o assunto, mas não gostaria que ninguém passasse pelo que ele passou."

O produtor também revelou que, desde o incidente, conversou com o chefe da equipe Red Bull, que disse algumas coisas bastante interessantes a Gay-Rees: "Falei com ele e Christian me disse 'a culpa é toda sua'", acrescentou Gay-Rees.

"É COMENTARISTA PORQUE NÃO FOI CAMPEÃO": A TRETA de Alonso e Herbert, comissário da F1 na Austrália

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #275 – Sainz e Ricciardo deram passos definitivos em suas carreiras na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Vettel confirma conversas com Wolff para vaga de Hamilton
Próximo artigo F1: Marko sai em defesa de Pérez após rumores de Sainz na Red Bull

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil