F1: CEO da Alpine alerta para possível sumiço de Monza e Silverstone caso não igualem modernidade de novas pistas

Laurent Rossi, diretor da equipe francesa, disse que circuitos clássicos parecem "velhos" em relação aos mais recentes

F1: CEO da Alpine alerta para possível sumiço de Monza e Silverstone caso não igualem modernidade de novas pistas
Carregar reprodutor de áudio

O CEO da Alpine, Laurent Rossi, disse que pistas como Monza e Silverstone parecem um pouco "velhas e degradadas" e alertou que elas precisam estar "na melhor forma" para manter o lugar no calendário da Fórmula 1. A popularidade da categoria aumenta a cada dia e isso cria demandas em todo o mundo para sediar GPs. Com isso, 23 serão realizados em 2022, um recorde.

Stefano Domenicali, diretor da divisão, disse no ano passado que houve diversos pedidos, inclusive da África, para sediar o evento. De acordo com o Pacto de Concórdia, pode haver um máximo de 25 provas no cronograma. Segundo Rossi, a infraestrutura das novas sedes coloca as mais tradicionais em risco.

Leia também:

"Tudo está perfeito [em locais como no Oriente Médio], especialmente em Abu Dhabi, que é um lugar bonito e com as modificações certas na pista", comentou o dirigente da Alpine ao site GPFans. "Acho que o traçado muito melhor do que antes e o pilotos definitivamente gostaram. Talvez eles tenham exagerado um pouco na Arábia Saudita, porque é muito rápido para um circuito de rua."

"No entanto, adoro que haja novas pistas, designs interessantes e ótima infraestrutura. Acho que é uma maneira de incentivar todos na Europa a evoluir e não dormir. É ótimo estar em Monza e Silverstone e eu amo essas corridas, mas a organização de cada uma tem que estar atenta, porque as outras provavelmente vêm forte."

Em 2022, a F1 terá uma nova adição ao calendário: o GP de Miami. Segundo Rossi, a segunda corrida americana do ano chegará com força semelhante às do Oriente Médio e trabalhará para ficar na categoria, mesmo que isso signifique tomar o posto das clássicas.

"Creio que lá vai acontecer o mesmo. Eles construíram algo para garantir que, se você adormecer, eles ficarão no seu lugar", concluiu.

O MISTÉRIO de HAMILTON: até que ponto SILÊNCIO de piloto é válido?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #158 – TELEMETRIA DE FÉRIAS: Rico Penteado explica novo carro da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST:

compartilhar
comentários
F1 - Verstappen: "Só dá para ter sete ou oito títulos com sorte e carro dominante"
Artigo anterior

F1 - Verstappen: "Só dá para ter sete ou oito títulos com sorte e carro dominante"

Próximo artigo

F1: Novo diretor técnico da Mercedes, Elliott fala sobre "transição estranha" para o novo capítulo da equipe

F1: Novo diretor técnico da Mercedes, Elliott fala sobre "transição estranha" para o novo capítulo da equipe