F1: Chefe da DAMS assume cargo de diretor esportivo no GP de Mônaco

Sicard assumirá posto que pertencia a Michael Masi, mas que passou por uma mudança de responsabilidades após reformulação

F1: Chefe da DAMS assume cargo de diretor esportivo no GP de Mônaco
Carregar reprodutor de áudio

O novo Diretor Esportivo da FIA para categorias de monopostos, François Sicard, chefe da equipe DAMS, assumirá o posto durante o fim de semana do GP de Mônaco da Fórmula 1. Como revelado no mês passado, ele foi recrutado para assumir um cargo criado como parte da resposta à polêmica do GP de Abu Dhabi.

O diretor de longa data da DAMS deixará seu cargo na organização francesa na próxima segunda. O posto de Sicard foi um de vários nas mãos de Michael Masi até o começo do ano. Mas agora sua descrição foi modificada, posicionando Sicard entre o chefe do departamento de monopostos da FIA, Peter Bayer, e os principais nomes da F1.

Leia também:

Suas responsabilidades incluirão escrever e atualizar o regulamento desportivo, além de manter uma supervisão da direção de prova e o sistema de comissários em nome da FIA. Seu trabalho cobrirá ainda funções similares na F2, F3 e F4.

Sicard nunca trabalhou diretamente com a F1. Mas ele esteve envolvido com diversos pilotos nas categorias juniores que chegaram ao Mundial. Formado em administração, Sicard iniciou sua trajetória no esporte quando entrou para a Renault Sport, após dez anos no marketing da montadora.

Kevin Magnussen, DAMS

Kevin Magnussen, DAMS

Photo by: Diederik van der Laan / Dutch Photo Agency

Ele esteve envolvido na criação da World Series by Renault, gerenciando o campeonato até o fim de sua terceira temporada em 2007, trabalhando com pilotos como Sebastian Vettel e Robert Kubica. Ele entrou na OAK Racing, que corria em categorias de LMP2 como diretor em 2007, antes de sua ida à DAMS em 2012.

Ao longo da última década, ele ajudou a equipe a conquistar títulos em diversas categorias.

Davide Valsecchi foi campeão da GP2 em 2012, tendo a companhia de Jolyon Palmer em 2014. Já na era F2, o melhor resultado da equipe foi o vice-campeonato de Nicholas Latifi em 2019. Kevin Magnussen foi campeão da Fórmula Renault 3.5 com a DAMS em 2013, enquanto Carlos Sainz repetiu o feito no ano seguinte.

A equipe e.Dams também venceu três títulos da Fórmula E com Sicard durante sua parceria com a Renault. Mas agora a equipe foi totalmente adquirida pela Nissan, o que significa que o chefe do time na F-E, Tommaso Volpe, assumirá todo o braço esportivo da montadora.

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #178: Será o fim da linha para Vettel e Alonso na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Red Bull escala Vips para fazer TL1 no GP da Espanha
Artigo anterior

F1: Red Bull escala Vips para fazer TL1 no GP da Espanha

Próximo artigo

FIA pode treinar navegadores de rali para serem diretores de provas da F1

FIA pode treinar navegadores de rali para serem diretores de provas da F1