F1: Confira as curiosidades do GP da Emilia Romagna em Ímola

Prova volta mais uma vez sem ter sido prevista originalmente, mas é recheada de características únicas e muita história

F1: Confira as curiosidades do GP da Emilia Romagna em Ímola

A Fórmula 1 dará continuidade no campeonato de 2021, com a segunda etapa do campeonato na próxima semana, dia 18 de abril, com o GP da Emilia Romagna, em Ímola, na Itália. Esta será a segunda vez que uma corrida da categoria máxima do automobilismo mundial estará no Autodromo Internazionale Enzo e Dino Ferrari com este nome, coincidentemente, no período da pandemia do novo coronavírus, sendo uma alternativa de emergência para o campeonato.

Leia também:

Mas esta é apenas a faceta mais recente da pista, que hoje conta com uma extensão de 4.909 metros e 19 curvas. A primeira vez que Ímola apareceu para o mundo da F1 foi em uma prova que não valia pontos em 1963, em uma corrida vencida por Jim Clark. Um novo evento sem valer para o campeonato ocorreu em 1979, com triunfo de Niki Lauda.

A estreia oficial de Ímola ocorreu em 1980, sendo o GP da Itália daquele ano, em prova vencida por Nelson Piquet. O sucesso foi tão grande que a partir do ano seguinte, Ímola foi sede do GP de San Marino, deixando Monza novamente como local oficial do GP italiano.

Nelson Piquet, Brabham BT49-Ford Cosworth leads Jean-Pierre Jabouille, Renault RE20, Rene Arnoux h Renault RE20, Gilles Villeneuve, Ferrari 312T5, Bruno Giacomelli, Alfa Romeo 179B, Hector Rebaque, Brabham BT49-Ford Cosworth and Alan Jones Williams FW07B-Ford Cosworth

Nelson Piquet, Brabham BT49-Ford Cosworth leads Jean-Pierre Jabouille, Renault RE20, Rene Arnoux h Renault RE20, Gilles Villeneuve, Ferrari 312T5, Bruno Giacomelli, Alfa Romeo 179B, Hector Rebaque, Brabham BT49-Ford Cosworth and Alan Jones Williams FW07B-Ford Cosworth

Photo by: Motorsport Images

E foi assim até 2006. O piloto que mais venceu este GP foi Michael Schumacher, com sete triunfos (1994, 1999, 2000, 2002, 2003, 2004 e 2006). Ayrton Senna e Alain Prost ocupam o segundo lugar com três vitórias cada um. Nigel Mansell e Damon Hill possuem duas visitas ao lugar mais alto do pódio cada um.

Não dá para falar de Ímola e o GP de San Marino sem citar a edição de 1994, considerada uma das mais trágicas do esporte a motor. Tudo começou com o forte acidente de Rubens Barrichello nos treinos de sexta-feira, fazendo com que o então piloto da Jordan fosse para o hospital. No dia seguinte, Roland Ratzenberger perdia a vida durante o treino de classificação e no domingo o mundo perdia Ayrton Senna, após batida na fatídica curva Tamburello.

As mortes de Ratzenberger e Senna fizeram com que o layout da pista sofresse diversas modificações, principalmente nas curvas Villeneuve (local da tragédia do piloto austríaco), Tamburello e Variante Baixa. As duas primeiras foram mudadas para variantes para tirar a velocidade dos carros. A terceira perdeu um dos dois "S" que tinha.

Marks on the wall at Tamburello corner after Ayrton Senna's fatal accident.

Marks on the wall at Tamburello corner after Ayrton Senna's fatal accident.

Photo by: Rainer W. Schlegelmilch

Os pilotos aprovaram as mudanças, mas Ímola perdeu uma de suas principais características, as grandes velocidades, fazendo com que as corridas fossem decididas mais pelas estratégias das equipes do que necessariamente pelas ultrapassagens, além de ter dado um peso maior à posição de largada.

Voltando aos tempos modernos, o GP da Emilia Romagna de 2020 foi vencido por Lewis Hamilton, em prova que deu à Mercedes o heptacampeonato de construtores, com Valtteri Bottas na segunda posição.

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1, 1st position, sprays Champagne from the podium

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1, 1st position, sprays Champagne from the podium

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

TRETA entre Hamilton e Russell? Notícia que circula é VERDADEIRA ou FALSA?

PODCAST: Um sorriso mesmo sem vitória? Quais são os pilotos mais carismáticos da F1, mesmo sem grandes resultados?

 

compartilhar
comentários
F1: Red Bull avalia nova solução técnica para derrotar Mercedes em Ímola

Artigo anterior

F1: Red Bull avalia nova solução técnica para derrotar Mercedes em Ímola

Próximo artigo

F1: Mercedes anuncia reestruturação; diretor técnico James Allison assumirá cargo sênior

F1: Mercedes anuncia reestruturação; diretor técnico James Allison assumirá cargo sênior
Carregar comentários