F1: Dados sugerem que Bottas e Alfa Romeo podem surpreender em Mônaco

Bom desempenho no último setor de Barcelona indica boas perspectivas em Mônaco; entenda

F1: Dados sugerem que Bottas e Alfa Romeo podem surpreender em Mônaco
Carregar reprodutor de áudio

O progresso da Alfa Romeo na Fórmula 1 este ano a tornou regular no Q3 – e um espinho ocasional para a Mercedes.

Mas enquanto a equipe se dirige para o GP de Mônaco neste fim de semana, ela tem todo o direito de sentir que poderia ter sua melhor chance da temporada até agora para causar uma boa surpresa.

Leia também:

Pois ao entender melhor o desempenho de seu C42, sabe que um de seus pontos fortes está nas pistas com curvas de baixa velocidade – que são muitas em Monte Carlo.

“Acho que a próxima semana será bastante adequada para o nosso carro”, disse Valtteri Bottas. “São principalmente curvas de baixa velocidade, e nosso carro é muito bom em baixa velocidade.”

Os dados de Barcelona certamente parecem apoiar as alegações de Bottas de que seus pontos fortes estão nas áreas de velocidade mais lenta.

Em termos gerais, costuma-se dizer que o desempenho de um carro no setor final de Barcelona é um bom indicador de como ele se apresentará em Mônaco, porque é uma sequência de curvas de média/baixa velocidade.

Olhando para os tempos do setor desde a classificação, a Alfa Romeo de Bottas estava definitivamente lá. Levando em conta o mais rápido de cada carro no terceiro setor, veja como eles se alinham:

  1. Ferrari 27.336
  2. Red Bull 27.411
  3. Alfa Romeo 27.443
  4. Haas 27.561
  5. Mercedes 27.698
  6. McLaren 27.768
  7. Alpine 27.896
  8. AlphaTauri 27.984
  9. Aston Martin 28.197
  10. Williams 28.586

Isso já parece mais encorajador para a Alfa Romeo, mas se você aprofundar ainda mais os tempos individuais do setor de toda a volta e poderá ver que a Alfa Romeo foi realmente mais rápida em alguns segmentos.

Comparando as voltas de classificação de Charles Leclerc, Max Verstappen e Valtteri Bottas, os traçados do GPS mostram que a Alfa Romeo foi a mais rápida geral na entrada da curva 12 à direita, bem como na saída da chicane e na curva final.

Com isso apontando para uma boa tração em baixa velocidade, as coisas podem ser configuradas para Bottas ficar de olho em colocar seu Alfa Romeo no meio das duas ou três primeiras equipes neste fim de semana.

Mas apesar dos sinais otimistas produzidos a partir dos dados, a própria Alfa Romeo não está se deixando levar – já que não há dúvidas de que as equipes de ponta serão tão fortes quanto foram durante todo o ano, então há poucas chances de uma vitória.

O chefe de engenharia de pista da Alfa Romeo, Xevi Pujolar, certamente não está pensando que tudo será fácil em Mônaco.

“Em termos de desempenho, não espero nada de mágico com certeza”, disse ele. “Somos fortes em baixa velocidade, mas as equipes de ponta também são fortes na baixa velocidade. Não é como se fôssemos muito melhores do que eles, estamos mais perto deles.

“Provavelmente teremos uma vantagem melhor para o meio de grid, um pouco mais de margem. Mas acho que para a Ferrari, Red Bull e Mercedes, olhando para o desempenho que estão tendo no setor 3, eles ainda são bons.”

Mas mesmo entregar um resultado atrás das equipes Ferrari e Red Bull em fuga seria uma boa maneira de coroar o fim de semana de Mônaco.

“Estávamos lutando pela P4 [na Espanha] e depois terminamos em P6, então, por que não ir para P4 ou melhor?” acrescentou Pujolar. “Com certeza nós tentaremos.

“Se alguém errar, vamos tentar aproveitar a oportunidade. Mas a prioridade número 1 para nós é garantir que tenhamos os dois carros rápidos, porque se tivermos Zhou [Guanyu] lá também, somos um forte candidato”.

VÍDEO: Qual é o melhor piloto da temporada 2022 da F1 até agora?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #178: Será o fim da linha para Vettel e Alonso na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ferrari minimiza ‘renascimento’ da Mercedes na Espanha
Artigo anterior

F1: Ferrari minimiza ‘renascimento’ da Mercedes na Espanha

Próximo artigo

F1: Foto vazada de Hamilton cria intriga sobre parque fechado após GP da Espanha; entenda

F1: Foto vazada de Hamilton cria intriga sobre parque fechado após GP da Espanha; entenda