F1: Entenda qual é a principal dificuldade de Ricciardo na adaptação à McLaren

Diversos pilotos estão sofrendo para se adaptarem aos novos carros em 2021, revelando o quão difícil é levar os modelos atuais ao limite

F1: Entenda qual é a principal dificuldade de Ricciardo na adaptação à McLaren

Fernando Alonso, Sebastian Vettel, Carlos Sainz, Sergio Pérez e Daniel Ricciardo estão dando o seu melhor para superar o processo de adaptação à suas novas equipes na Fórmula 1, com todos precisando superar obstáculos próprios.

No caso de Ricciardo, seus principais problemas para tentar igualar a surpreendente forma de seu companheiro de McLaren, Lando Norris, tem sido entender a frenagem e a entrada de curvas com seu novo carro.

Leia também:

A frenagem é tradicionalmente um dos pontos fortes do australiano e, ao longo dos anos, ele ficou conhecido por ultrapassagens ousadas. Mas em sua transição da Renault para a McLaren ele encontrou um caminho difícil para adquirir a confiança ao explorar os limites.

A quantidade de pensamento necessário é tamanho que ele já comparou o processo de adaptar sua pilotagem a uma "volta à escola".

"É como ser um iniciante de novo, tendo que aprender sozinho cada curva", disse Ricciardo após o sábado em Barcelona. "Bom trabalho, melhore nisso, ok, faça melhor aqui. Obviamente estou recebendo bom feedback da equipe e eles estão me ajudando a me acostumar ao carro e suas características".

"Então são coisas assim, seja frenagem ou o modo como você acelera. Algumas são únicas e acho que ainda estou pensando muito nisso, tentando aprender até chegar ao ponto em que isso se torna natural".

"Então isso ainda precisa de um pouco de cabeça. Acho que as curvas rápidas são um pouco mais fáceis, você só põe o pé embaixo e segura. Mas nas curvas longas, que você fica por um tempo, é preciso delicadeza e precisão".

"O carro é sensível e está trabalhando bem em alguns modos mas menos em outros e acho que estou tentando me programar para basicamente aprender como pilotá-lo mais rápido. Então, estou de volta à escola".

Daniel Ricciardo, McLaren MCL35M, leaves the garage

Daniel Ricciardo, McLaren MCL35M, leaves the garage

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Pode parecer estranho que um piloto com muita experiência, incluindo vitórias, como Ricciardo, que não está em sua primeira troca de equipe, esteja em uma situação do tipo, sofrendo com algo tão fundamental em sua profissão como a frenagem. Porém, é algo bem mais complicado do que apenas pisar no pedal.

"Frenagem tem um peso grande no tempo de volta, e Dan sempre foi alguém que usou muito o freio", disse o diretor técnico da McLaren, James Key. "Vimos algumas de suas ultrapassagens no passado, e ele fez várias indo tarde para o pedal, conseguindo a posição".

"Então essa é definitivamente uma de suas forças. Acho que, ao mudar para um carro diferente, você sempre precisa se adaptar de certo modo para o modo como o carro fica durante a frenagem. Então acho que há vários aspectos diferentes. O sistema de frenagem por si só não é o maior fator aqui. Todos usamos materiais similares, sistemas similares e mais".

"Então, em termos de sensação do pedal, até certo ponto, há uma pequena variação. Mas, certamente, a performance do freio por si só é muito similar. Acho que a diferença entra em áreas como a influência do motor, como isso funciona e como ajustar de acordo".

"Como o chassi atua, como a aerodinâmica atua e apoia o carro em certas condições, se é forte em uma reta, que é o nosso caso, ou se é mais fraco se você tenta manter a frenagem na entrada da curva, ou certos tipos de curva onde você tem uma condição de frenagem diferente. E é aí que as diferença aparece".

Key sugeriu que a construção do pneu de 2021 da Pirelli, com dianteiros revisados, também teve um papel ao dificultar a vida para os pilotos.

"Acho que, o que exacerbou neste ano são os novos pneus, mais fracos em certas condições quando comparado com antes. Se você olhar os do ano passado, eles se comportavam de certo modo e, para ser honesto, eram mais familiares a Daniel, Lando e os outros. Mas os deste ano são mais fracos em certas áreas, e mais forte em outras".

"Uma das mudanças que notamos é na frenagem. Então é apenas um processo de se adaptar entre o que você quer fazer e o que o carro está fazendo. Certamente, do nosso lado, tentamos adaptar o carro para facilitar para Daniel. E lentamente estamos chegando lá".

A equipe de engenharia de Ricciardo tem várias ferramentas para brincar na tentativa de ajudá-lo a entender o carro.

"Há certas coisas que não podemos mudar. Pneus e outras coisas são as mesmas, mas em termos de comportamento do carro, mapa do motor, sensação do pedal, são coisas que estão sob nosso controle e estamos analisando tudo para buscar uma solução que funcione".

Ricciardo está certamente dando passos com a McLaren e o sétimo lugar no grid em Barcelona, apenas um décimo acima da quarta posição e a perda da última volta no Q3 por cruzar a chegada após a bandeira quadriculada, mostra que foi um esforço decente.

"Hoje aceleramos desde o começo", disse Ricciardo. "O TL3 foi muito melhor e a classificação foi um progresso contínuo, indo mais rápido a cada saída. Então certamente estava confortável".

"Das 15 curvas do circuito, diria que me sentia bem em 10 delas, mas ainda há algumas em que posso ir melhor".

"Não estou dizendo que poderia ter sido melhor hoje, mas sei que, com o tempo, vou começar a encontrar esses meio décimos a mais para tirar o máximo do carro".

F1: TRETA de MERCEDES e RED BULL ganha novo capítulo após BRONCA de Hamilton; entenda ASA FLEXÍVEL

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #104 – Mercedes x Red Bull já pode ser considerada uma das maiores rivalidades da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: "No papel", Mercedes vê Red Bull como favorita para Mônaco

Artigo anterior

F1: "No papel", Mercedes vê Red Bull como favorita para Mônaco

Próximo artigo

VÍDEO: Treta entre Mercedes e Red Bull na F1 ganha novo capítulo após bronca de Hamilton; entenda a asa flexível

VÍDEO: Treta entre Mercedes e Red Bull na F1 ganha novo capítulo após bronca de Hamilton; entenda a asa flexível
Carregar comentários