F1: Ferrari liga sinal de alerta ao ver Mercedes somar mais pontos desde GP da Espanha; veja números

Após primeira leva de atualizações da temporada, equipe italiana viu rival crescer no campeonato

F1: Ferrari liga sinal de alerta ao ver Mercedes somar mais pontos desde GP da Espanha; veja números
Carregar reprodutor de áudio

A Ferrari começou 2022 sendo apontada como a equipe que tinha o melhor carro da Fórmula 1, desde a pré-temporada, na Espanha e no Bahrein.

A equipe de Maranello começou bem no campeonato de pilotos, com duas vitórias de Charles Leclerc em três corridas e a ponta na tabela no campeonato dos construtores. A partir do GP da Emilia Romagna, com algumas atualizações da Red Bull, o jogo começou a virar.

Leia também:

Aos poucos, Max Verstappen e Sergio Pérez encontraram um bom caminho, ao mesmo tempo em que a Ferrari se perdia em suas estratégias de corrida e na confiabilidade, chegando ao ponto de os dois carros da equipe abandonarem no Azerbaijão.

Mesmo com a vitória inédita de Carlos Sainz em Silverstone, no último domingo, a escuderia é alvo de críticas sobre como geriu a prova de Leclerc, que ocupa o terceiro posto no campeonato, a 43 de Verstappen.

O GP da Espanha, sexta corrida das 10 disputadas até agora marcou o ponto inicial em que a maioria das equipes trouxe as primeiras atualizações, incluindo a Mercedes, que não começou bem a temporada, sofrendo com o porpoising.

Mas a equipe da montadora alemã contou com a consistência de George Russell, que abandonou a primeira corrida em 2022 apenas em Silverstone, e a recuperação de Lewis Hamilton, que vem crescendo após a ‘morte’ do fenômeno aerodinâmico que fazia o W13 quicar mais que os outros times.

Com isso, se contarmos a partir do GP da Espanha, quando as equipes puderam implementar suas primeiras soluções, a Mercedes somou mais pontos que a própria Ferrari.

Equipe Pontos até GP de Miami Pontos a partir do GP da Espanha Total
Red Bull 151 177 328
Ferrari 157 108 265
Mercedes 95 109 204

No atual momento no campeonato de construtores, a distância entre Red Bull e Ferrari já é maior do que a vista entre Ferrari e Mercedes. A equipe austríaca tem 63 pontos de margem para os italianos, enquanto os alemães veem a escuderia a 61.

A maior 'vítima' da Ferrari tem sido o próprio Charles Leclerc, com o piloto monegasco tendo somado apenas 34 pontos desde Barcelona. Ao mesmo tempo, ele viu Sainz dar um 'chega pra lá' na má fase, com 74. Desde então, Verstappen somou 96 pontos, Pérez 81, Hamilton 57 e Russell 52.

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #185 - Ainda há quem resista ao halo após mais duas vidas salvas?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
F1: Marko diz que Tsunoda é “filho problemático” para o grupo
Artigo anterior

F1: Marko diz que Tsunoda é “filho problemático” para o grupo

Próximo artigo

F1: Após novos exames, Zhou é liberado para disputar GP da Áustria

F1: Após novos exames, Zhou é liberado para disputar GP da Áustria