F1: Ferrari se diz "preocupada" após FIA contratar ex-executiva da Mercedes

Shaila-Ann Rao foi nomeada pelo órgão regulador na semana passada como substituta interina de Peter Bayer

F1: Ferrari se diz "preocupada" após FIA contratar ex-executiva da Mercedes
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Ferrari na Fórmula 1, Mattia Binotto, admitiu que tem algumas preocupações com a nomeação de uma ex-executiva da Mercedes para um cargo sênior da FIA.

Shaila-Ann Rao foi nomeada pela FIA na semana passada como substituta interina de Peter Bayer nos papéis duplos de secretário-geral do esporte e diretor executivo da F1.

Bayer ocupava o primeiro cargo desde 2017 e o segundo desde 2021, e era muito respeitado no paddock como o principal ponto de contato entre as equipes e a FIA.

Leia também:

A advogada Rao trabalhou anteriormente com a FIA como diretora jurídica de 2016 a 2018. Ela então ingressou na Mercedes, atuando como consultora geral e depois como consultora especial do chefe de equipe Toto Wolff.

Inevitavelmente, seu retorno à FIA depois de estabelecer um relacionamento tão próximo com a escuderia alemã levantou algumas inquietações nas equipes rivais.

“Sim, certamente é uma preocupação”, disse Binotto quando questionado sobre o assunto pelo Motorsport.com. “Acho que ela é uma ótima pessoa. Ela tem muita experiência, certamente será capaz de fazer o trabalho. Tenho certeza disso."

“É uma preocupação, mas é apenas uma preocupação. Acho que cabe a eles [a FIA] garantir que não haverá conflitos de interesse, se comportar adequadamente, e cabe ao presidente garantir isso. Eu tenho a confiança de que eles vão fazer isso."

“Como Ferrari, estamos preocupados, mas tenho certeza de que, através dos comportamentos, das decisões, eles provarão que é uma preocupação errada.”

Wolff insistiu que Rao era uma boa contratação para o corpo diretivo e que sua presença realmente melhoraria as coisas para as equipes.

“Quanto a Shaila-Ann, ela estava na FIA antes de se juntar a nós”, disse Wolff. “Ela era a diretora executiva de uma das maiores agências esportivas antes, e o positivo de ter Shaila-Ann nesta posição é que ela é uma pessoa de governança e transparência. Ela é advogada."

“E acho que isso é algo que sempre criticamos no passado, que as coisas nem sempre foram tão transparentes e claras para as equipes." 

"E acho que esse é um dos principais tópicos que ela tentará implementar. E isso é uma boa notícia para todas as equipes."

Binotto e Wolff concordaram que a saída de Bayer foi uma perda para o esporte, mas reconheceram que o novo presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, tem o direito de mudar sua equipe.

“Trabalhamos com Peter Bayer por algum tempo”, disse Wolff. “E ele era um cara racional. Mas a FIA está mudando sua estrutura e sua organização, e então o presidente tem que tomar suas decisões."

“E certamente não devemos interferir em nenhuma dessas decisões. Acho que ele tem uma visão sobre onde quer ter a FIA. E se parte disso é uma mudança de organização, precisamos respeitá-la.”

“Acho que certamente gostamos da colaboração com Peter”, disse Binotto. “Ele sempre foi muito transparente, justo entre as equipes e racional na maneira como ele estava avançando com os tópicos e o assunto. Ele certamente tem muitas competências e experiência."

“Como Toto disse, acho que, se houver uma nova organização ou reorganização dentro da FIA, cabe ao novo presidente seguir em frente, decidir sua própria equipe, e respeitamos totalmente as escolhas."

“Então, acho que estamos aceitando e de alguma forma até olhando para o futuro, [e vamos] tentar garantir que estamos colaborando adequadamente e garantindo que a FIA esteja se tornando cada vez mais forte agora", concluiu.

VÍDEO: O que acontece com quem não respeita teto de gastos da F1?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #181 – O que novo carro da F1 tem de melhor e pior até agora?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Classificação em Baku começará 15 minutos mais tarde após atraso no TL3
Artigo anterior

F1: Classificação em Baku começará 15 minutos mais tarde após atraso no TL3

Próximo artigo

F1 - Análise técnica: Ferrari copia aspectos da Red Bull para o assoalho do F1-75; saiba mais

F1 - Análise técnica: Ferrari copia aspectos da Red Bull para o assoalho do F1-75; saiba mais