Fórmula 1
07 ago
Corrida em
04 Horas
:
03 Minutos
:
06 Segundos
04 set
Próximo evento em
25 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
32 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
46 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
109 dias

F1: Haas é punida por troca de pneus antes da largada na Hungria; Sainz sobe para nono

compartilhar
comentários
F1: Haas é punida por troca de pneus antes da largada na Hungria; Sainz sobe para nono
19 de jul de 2020 16:53

Equipe teve sua melhor prova na temporada 2020 até o momento, mas perde um dos dois pontos conquistados devido à punição

A Haas foi uma das grandes surpresas do GP da Hungria de Fórmula 1. A equipe ousou ao colocar a dupla de pilotos nos boxes no final da volta de apresentação para colocar pneus para pista seca, o que catapultou Kevin Magnussen e Romain Grosjean para o terceiro e quarto lugares. No final, a estratégia ajudou o dinamarquês, que terminou em nono, marcando os primeiros pontos da Haas no ano. Mas a equipe americana perdeu um deles após uma investigação.

A equipe foi convocada para comparecer diante da direção de prova no Hungaroring, em uma investigação sobre essa parada feita antes mesmo do início da prova.

Leia também:

A Haas quebrou o Artigo 27.1 do Regulamento Esportivo da F1, que determina que "o piloto deve conduzir o carro sozinho e sem ajuda", com relação à largada.

Tanto Magnussen quanto Grosjean entraram para tirar os pneus de chuva e colocar compostos slick médios. Magnussen estava com pneus de chuva extrema, mas, ao longo da volta de apresentação, a transmissão já mostrava diversos pilotos conversando com as equipes para fazer a troca para pneus de pista seca.

Com isso, ambos os pilotos da Haas receberam uma punição de dez segundos, o que alterou o resultado final da prova. Magnussen perdeu uma posição na classificação final, indo para 10º, elevando Sainz para a nona colocação. Já Grosjean também caiu, de 15º para 16º.

Assim, a Haas termina o final de semana em nono no Mundial de Construtores, com um ponto conquistado, atrás da Alfa Romeo, com dois, e a frente da Williams, ainda sem pontuar.

Após a corrida, Magnussen disse: "Estou muito feliz. A equipe teve uma ótima sacada antes do início da corrida. Não foi fácil e era arriscado, então me deram a opção e funcionou. O ritmo estava ali para fazer os pneus funcionarem".

"Eu larguei do pitlane e após algumas voltas já estava em terceiro, de volta à corrida. Eu sabia que essa não era uma posição real para nós. Mas me segurei ao máximo ali".

"Uma hora eu perguntei à equipe onde que eles achavam que eu poderia terminar, e acabei em nono. Eu consegui segurar, abri a vantagem para uma Ferrari [Leclerc], quem poderia imaginar algo do tipo?".

"Isso mostra que temos um bom carro na corrida, e prova que a equipe fez um ótimo trabalho mesmo com todas as dificuldades que temos na classificação".

PÓDIO: Os bastidores do GP da Hungria com Lucas di Grassi e Rico Penteado

PODCAST: Guerra de bastidores na F1 e entrevista exclusiva com Igor Fraga

 

Vettel lamenta não ter feito mais e destaca padrão da Ferrari para 2020 após início atípico

Artigo anterior

Vettel lamenta não ter feito mais e destaca padrão da Ferrari para 2020 após início atípico

Próximo artigo

Renault protocola novos protestos contra Racing Point após GP da Hungria

Renault protocola novos protestos contra Racing Point após GP da Hungria
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1