F1: Hamilton alerta que Red Bull "poderia estar muito mais à frente"

Heptacampeão mundial se diz feliz por empolgação dos fãs por batalhas mais próximas com rivais, mas alerta sobre possível revés de sua equipe

F1: Hamilton alerta que Red Bull "poderia estar muito mais à frente"

Lewis Hamilton está feliz que os fãs da Fórmula 1 estejam empolgados com uma possível luta pelo título entre Mercedes e Red Bull, mas avisa que a equipe de Max Verstappen pode "estar muito mais à frente" depois do GP do Bahrein.

Verstappen conquistou a pole para a abertura da temporada de 2021 por 0s388 e mostrou ritmo vitorioso depois de liderar os estágios iniciais da corrida.

Leia também:

Ele acabou perdendo depois que a estratégia agressiva da Mercedes colocou Hamilton à frente, e as habilidades de gerenciamento de pneus do campeão mundial em long run significaram que o holandês só teve uma chance tardia de passar, o que, de maneira controversa, deu errado.

A Mercedes salientou após a corrida do Bahrein que seu pacote de 2021 "realmente não tem nenhum ponto forte em relação ao da Red Bull", de acordo com o diretor de engenharia de pista, Andrew Shovlin, após a vitória de Hamilton, com a equipe também prevendo que terá dificuldades nas próximas duas corridas, em Ímola e Portimão.

Quando questionado sobre sua reação ao entusiasmo dos fãs sobre uma possível batalha ao longo da temporada entre pilotos de duas equipes diferentes pelo título de 2021 - um cenário que o campeonato não teve desde que Sebastian Vettel e Fernando Alonso levaram a temporada de 2012 até o final - Hamilton disse: “Estou super empolgado e feliz pelos fãs, por eles estarem empolgados.”

“Acho que é algo que todos os fãs desejam há muito tempo. Claro, esta é apenas uma corrida, então não sabemos o que o futuro reserva em termos de como a temporada se desenvolverá.”

“Com o ritmo que eles têm, eles poderiam estar muito mais à frente, mas vamos trabalhar o máximo que pudermos para tentar permanecer próximos nesta batalha.”

“Espero muito mais corridas desse tipo com Max e Valtteri [Bottas, que terminou em terceiro no Bahrein no fim de semana passado]. Há um longo caminho a percorrer. São 22 corridas -caramba, eu estarei morto no final disso!”

Verstappen também foi questionado se estava gostando da perspectiva de lutar com Hamilton por vitórias em corridas ao longo de toda uma temporada - com consistência, algo que faltou à Red Bull desde que o jovem de 23 anos foi promovido da Toro Rosso em 2016.

“Foi ótimo, mas como Lewis disse, ainda é um pouco difícil dizer em que ritmo estamos exatamente”, disse Verstappen.

"Mas, novamente, também é uma temporada muito longa, então acho que vamos descobrir com o tempo como vai ser."

F1: Nova ORDEM de forças? Veja análise DETALHADA sobre como Mercedes pode PERDER briga para Red Bull

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Batalhas entre Hamilton e Verstappen ditarão temporada 2021 da F1?

 

compartilhar
comentários
F1: Como conceito de baixo rake colocou a Aston Martin em uma encruzilhada
Artigo anterior

F1: Como conceito de baixo rake colocou a Aston Martin em uma encruzilhada

Próximo artigo

F1: Norris acredita que estava "se punindo" com estilo de pilotagem

F1: Norris acredita que estava "se punindo" com estilo de pilotagem
Carregar comentários