F1: Hamilton não dá chance para rivais e vence GP de Eifel, igualando as 91 vitórias de Schumacher

compartilhar
comentários
F1: Hamilton não dá chance para rivais e vence GP de Eifel, igualando as 91 vitórias de Schumacher
Por:
, Repórter

Prova deste domingo teve 'festival' de abandonos em Nurburgring

Em corrida agitada na Alemanha, o britânico Lewis Hamilton prevaleceu no GP de Eifel e triunfou com autoridade para conseguir sua 91ª vitória na Fórmula 1, igualando o recorde histórico de Michael Schumacher no país do 'rival'.

Leia também:

O piloto da Mercedes largou em segundo, mas ultrapassou o companheiro Valtteri Bottas para cruzar a linha de chegada à frente em Nurburgring. O finlandês, que largara na pole position, teve problemas na unidade de potência e abandonou.

O pódio alemão foi completado pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull, e pelo australiano Daniel Ricciardo, que deu à Renault seu 101º top-3 na F1, o primeiro desde o GP da Malásia de 2011, quando o alemão Nick Heidfeld foi terceiro.

A corrida

Na largada, Hamilton foi com tudo para cima de Bottas, que se defendeu após a primeira curva e manteve a liderança. O monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, tentou o bote em Verstappen, mas não conseguiu a ultrapassagem.

Ricciardo passou o tailandês Alex Albon, da Red Bull. Enquanto isso, o francês Esteban Ocon, também da Renault, caiu para nono. Mais atrás, o alemão Nico Hulkenberg, que substituiu o canadense Lance Stroll na Racing Point em virtude de diarreia do titular, saltou de último para 17º. Já o finlandês Kimi Raikkonen, que se isolou como recordista de largadas na F1 com 323 GPs, ficou em 19º com a Alfa Romeo. 

Na volta 8 de 60, Albon fez sua primeira parada e colocou pneus médios. No giro seguinte, Ricciardo conseguiu passar Leclerc por fora na segunda curva, na segunda tentativa de ultrapassagem.

 

Na volta 11, Leclerc fez sua parada e colocou pneus médios. No mesmo giro, seu companheiro alemão Sebastian Vettel 'escapou' na primeira curva e caiu de 11º para 13º. Neste momento, começaram a cair algumas gotas em Nurburgring, mas sem impacto na prova.

 

Pouco depois, Bottas errou o ponto de frenagem após a reta dos boxes e travou os pneus, perdendo a liderança para Hamilton e fazendo seu pit stop para colocar pneus médios. Ele voltou à pista em quarto.

 

Logo após, a primeira batida da prova, na primeira curva do circuito: Raikkonen 'esparramou' e bateu na Williams de George Russell. O britânico teve furo de pneu e abandonou. O safety car virtual foi acionado e Hamilton fez sua parada, colocando pneus médios. Verstappen também.

Assim, a ordem à frente se manteve com Hamilton, Verstappen e Bottas. Atrás, Ricciardo e o britânico Lando Norris, da McLaren. Na volta 18, Bottas teve problemas de potência e abandonou. Simultaneamente, o russo Daniil Kvyat, da AlphaTauri, teve que parar para trocar a asa dianteira após seu carro perder a peça em incidente com Albon no retão. Ele voltou à pista em último. Logo após, foi anunciada punição de 10s no tempo de prova para Raikkonen.

 

Na sequência, foi a vez de Ocon abandonar após problemas hidráulicos com sua Renault. Pouco depois, o mesmo ocorreu com Albon, que deu sequência ao festival de abandonos. O piloto da Red Bull, aliás, recebera punição de 5s no tempo de prova pelo incidente com Kvyat.

Na volta 25, Norris, que vinha em terceiro, relatou, mas seguiu na corrida. Porém, perdeu posições. No 40º giro, aparecia em sexto, atrás do companheiro espanhol Carlos Sainz e do mexicano Sergio Pérez, da Racing Point. Ricciardo 'apareceu' em terceiro.

Logo atrás, Leclerc passou Vettel para assumir o sétimo posto. Já Hulkenberg ultrapassou Raikkonen para chegar à zona de pontuação em décimo, atrás de Pierre Gasly, da AlphaTauri. O francês passou Vettel, que também foi batido por Hulk e fez pit stop para colocar macios.

No 45º giro, Norris abandonou no segundo setor, ocasionando a entrada do safety car. Ricciardo foi o primeiro a ir para os boxes e colocou pneus macios. Após a rodada de pit stops gerada pelo carro de segurança, Hamilton seguia na ponta, agora com compostos moles.

 

Todos optaram pela mesma borracha, com Verstappen em segundo, Ricciardo em terceiro, Pérez em quarto e Sainz em quinto. Após a saída do safety car, Gasly passou Leclerc pelo sexto lugar.

No final, Lewis Hamilton prevaleceu, terminando com cerca de 2s a frente de Max Verstappen com a Red Bull. Completando o pódio, temos a volta de Daniel Ricciardo entre os três primeiros, sendo primeiro da Renault desde sua volta como equipe oficial em 2016. Com isso, o australiano conseguiu cumprir sua promessa e Cyril Abiteboul terá que fazer a tatuagem.

Completando o Top 10: Pérez, Sainz, Gasly, Leclerc, Hulkenberg, Grosjean e Giovinazzi.

Cla   # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Abandono Pontos
1   44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 60 -   25
2   33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 60 4.470   19
3   3 Australia Daniel Ricciardo Renault Renault 60 14.613   15
4   11 Mexico Sergio Perez Racing Point Mercedes 60 16.070   12
5   55 Spain Carlos Sainz Jr. McLaren Renault 60 21.905   10
6   10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 60 22.766   8
7   16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 60 30.814   6
8   27 Germany Nico Hulkenberg Racing Point Mercedes 60 32.596   4
9   8 France Romain Grosjean Haas Ferrari 60 39.081   2
10   99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 60 40.035   1
11   5 Germany Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 60 40.810    
12   7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 60 41.476    
13   20 Denmark Kevin Magnussen Haas Ferrari 60 49.585    
14   6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 60 54.449    
15   26 Russian Federation Daniil Kvyat AlphaTauri Honda 60 55.588    
  dnf 4 United Kingdom Lando Norris McLaren Renault 42   Abandono  
  dnf 23 Thailand Alexander Albon Red Bull Honda 23   Abandono  
  dnf 31 France Esteban Ocon Renault Renault 22   Abandono  
  dnf 77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 18   Abandono  
  dnf 63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 12   Abandono  

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre F1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: Histórico! Hamilton iguala Schumacher em vitórias na F1 no GP de Eifel

PODCAST: A F1 perde força com a saída da Honda?

 

F1: Bottas lamenta abandono após "ótima batalha" com Hamilton nas primeiras voltas

Artigo anterior

F1: Bottas lamenta abandono após "ótima batalha" com Hamilton nas primeiras voltas

Próximo artigo

TABELA F1: Abandono de Bottas e vitória em Nurburgring ajudam Hamilton a disparar na ponta

TABELA F1: Abandono de Bottas e vitória em Nurburgring ajudam Hamilton a disparar na ponta
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Eifel
Autor Carlos Costa