F1: Hamilton se diz confiante com Mercedes em Barcelona: Podemos colocar o carro em um lugar ainda melhor amanhã

Equipe alemã surpreendeu com segundo e terceiro lugares nesta sexta-feira na Espanha

F1: Hamilton se diz confiante com Mercedes em Barcelona: Podemos colocar o carro em um lugar ainda melhor amanhã
Carregar reprodutor de áudio

Após segundo e terceiro lugares da Mercedes no TL2 em Barcelona, Lewis Hamilton se diz confiante com equipe alemã: Podemos colocar o carro em um lugar ainda melhor amanhã.

Na sexta-feira (20), a Fórmula 1 realizou o segundo treino livre para o GP da Espanha, sexta etapa da temporada 2022. Charles Leclerc terminou a sexta como o mais rápido do dia, marcando 1min19s670. As Mercedes surpreenderam e fecharam o top3, com George Russell à frente de Hamilton. Max Verstappen foi apenas o quinto colocado na segunda sessão de treinos, atrás de Carlos Sainz.

Leia também:

Questionado após o TL2 sobre como se sentia com o W13 em Barcelona, Hamilton disse que estava "feliz com um progresso tão grande".

"Positivo, [estou] super feliz com o progresso tão grande, grande, muito obrigado a todos da fábrica por não desistirem e por continuarem avançando, ainda não somos os mais rápidos, mas acho que estamos no caminho", disse Hamilton.

"É a primeira vez que guiamos sem quicar, ainda temos alguns quicadas, mas está bem melhor. E então sim, há algo para aproveitar um pouco do potencial do carro."

"Ainda está difícil, mas tem sido muito melhor do que antes. Então, sim, muito grato por essas atualizações, agora precisamos apenas tentar ajustá-las na próxima sessão. Então, da noite para o dia, [temos] muitos dados para analisar e tentar posicionar o carro. Acho que podemos colocá-lo em um lugar ainda melhor para amanhã."

Sobre a temperatura dos pneus, o heptacampeão disse: "Os pneus estão lutando, eu diria em geral este ano, apenas em termos de superaquecimento. Mas acho que todos estão no mesmo barco com isso. É que você não pode atacar, atacar nestas temperaturas, você tem que fazer muita gestão. Parece [que temos que fazer] mais gerenciamento do que já tivemos que fazer no passado, mas acho que são pneus mais fracos. Mas isso não é uma surpresa, sabíamos que seria o caso este ano."

Questionado sobre se a Mercedes ficaria com sidepods, Hamilton respondeu: "Isso eu não sei. Ainda precisamos decidir. Acho interessante ver alguns dos outros que seguiram um caminho diferente. Seria interessante descobrir se fica melhor para eles ou não. Mas ainda temos melhorias a fazer e essa ainda é a questão, se vamos seguir esse caminho em algum momento, mas no momento estamos focando apenas neste", concluiu.

F1 AO VIVO: LECLERC abre trabalhos na frente na Espanha; Mercedes RESPIRA e VERSTAPPEN só o 5º

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #178: Será o fim da linha para Vettel e Alonso na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Leclerc lidera TL2 em Barcelona à frente de Russell e Hamilton; Verstappen é 5º
Artigo anterior

F1: Leclerc lidera TL2 em Barcelona à frente de Russell e Hamilton; Verstappen é 5º

Próximo artigo

F1: Veja o que as regras dizem sobre polêmica 'cópia' da Red Bull feita pela Aston Martin

F1: Veja o que as regras dizem sobre polêmica 'cópia' da Red Bull feita pela Aston Martin