F1 - Horner pondera sobre proibição da FIA aos pilotos: "Não queremos um monte de robôs sem opinião"

Chefe da Red Bull pediu que haja equilíbrio e destacou papel do time de Milton Keynes em deixar com que seus pilotos se expressem

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG F1, and Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1, on the grid

Mark Sutton / Motorsport Images

O chefe da Red Bull, Christian Horner, alertou que os pilotos de Fórmula 1 não devem ser "robôs" após novas restrições da FIA sobre declarações e manifestações políticas sem aprovação prévia da entidade. 

Leia também:

Para este ano, o Código Esportivo Internacional contém uma cláusula observando que “a realização e exibição geral de declarações ou comentários políticos, religiosos e pessoais notadamente em violação do princípio geral de neutralidade promovido pela FIA sob seus estatutos” seria uma violação de as regras, com a cláusula adicional de “a menos que previamente aprovado por escrito pela FIA para competições internacionais”.

Como a mudança aconteceu durante as férias de inverno, poucos pilotos da F1 comentaram publicamente sobre o assunto até agora. No entanto, Horner deixou claro que prefere permitir que os pilotos se manifestem se assim o desejarem.

“Bem, há algumas maneiras de olhar para isso”, disse ele quando questionado sobre sua opinião sobre as restrições. “Acho que, antes de tudo, o esporte nunca deve ser usado como ferramenta política. E acho que o esporte, de muitas maneiras, existe obviamente para entreter, mas também para ter um elemento de escapismo dentro dele."

“Mas certamente nós da Red Bull nunca restringimos nossos pilotos a não terem liberdade de expressão, ou a liberdade de suas opiniões, a capacidade de falar o que pensam, porque eles têm voz. Acho que é uma questão de encontrar um equilíbrio e, no mundo em que vivemos hoje, todos têm voz e isso não deve ser reprimido. Mas é claro que isso deve ser feito com responsabilidade."

“Portanto, não queremos um monte de robôs sem opinião nas corridas, mas, como em todas essas coisas, deve haver um equilíbrio sensato.”

Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal

Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal

Photo by: FIA

Enquanto isso, Horner se recusou a comentar as recentes controvérsias em torno do presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, sugerindo que o assunto era entre o órgão regulador e a organização da F1. Ben Sulayem irritou a F1 ao fazer comentários nas redes sociais sobre o valor potencial do negócio.

“Realmente não quero comentar sobre um assunto que obviamente é entre a FIA e o detentor dos direitos comerciais”, disse Horner. “A FIA é o órgão regulador do esporte e eles têm um acordo tripartite com as equipes por meio do Pacto de Concórdia, mas obviamente, os aspectos comerciais e, se você preferir, o casamento é entre a Liberty e a FIA. Então isso é problema deles e não nosso.”

Questionado se Ben Sulayem deveria se desculpar por comentários que surgiram recentemente, Horner disse: “Novamente, esse não é um assunto sobre o qual desejo comentar. Acho que qualquer coisa que precise ser dita obviamente deve ser dita entre as partes relevantes.”

Como a Red Bull-Ford impacta Honda, Porsche e toda a F1; veja debate

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: novo chefe da Ferrari erra ou acerta nos primeiros atos?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Zhou se diz com menos 'peso nos ombros' e mira novo contrato com Alfa Romeo
Próximo artigo F1: Mercedes e Aston Martin testam pneus de 2024 em Jerez

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil