Fórmula 1 GP da Austrália

F1: Horner rebate acusação de Russell de que Red Bull está "escondendo o jogo"

Chefe do time austríaco citou caso de Pérez na Austrália como prova de que Red Bull não tem nada a esconder

Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing

O chefe da Red Bull, Christian Horner, rebateu as alegações feitas por George Russell de que a equipe austríaca esteja escondendo a real forma do RB19 neste começo de temporada da Fórmula 1.

Russell disse em Melbourne que a Red Bull está segurando o jogo, sem mostrar seu ritmo real no momento, temendo que os rivais possam encontrar uma forma de freá-la através de mudanças no regulamento. Até o momento, o time austríaco tem 100% de vitórias na temporada, com duas dobradinhas.

Leia também:

Na Austrália, Max Verstappen ficou de 10 a 12s à frente e Lewis Hamilton na maior parte da corrida, enquanto Sergio Pérez foi o quinto colocado após largar do pitlane.

"Certamente eles estão escondendo o jogo", disse Russell à BBC 5 em Melbourne. "Eles tem quase que vergonha de mostrar todo o seu potencial, porque quanto mais rápido eles andarem mais o esporte vai tentar segurá-los de alguma forma".

"Realisticamente, acho que eles têm sete décimos de vantagem sobre o resto do grid. Max não tem motivos para forçar, nem a Red Bull. Eles fizeram um ótimo trabalho, não podemos tirar isso deles, e nós claramente precisamos melhorar".

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19, Carlos Sainz, Ferrari SF-23

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19, Carlos Sainz, Ferrari SF-23

Photo by: Jake Grant / Motorsport Images

Horner riu da sugestão de Russell, reforçando que o gerenciamento de pneus em Melbourne era inevitável, especialmente pelo fato de que os dois pilotos da Red Bull haviam feito a troca cedo.

"É generoso da parte dele. Bem, a equipe dele sabe muito bem sobre esse tipo de vantagens. Há sempre um elemento de gerenciamento em qualquer corrida. Dá pra ver isso, porque era uma prova de uma só parada, e que aconteceu bem cedo, então havia um elemento de gerenciamento de pneus acontecendo. Era isso que eles estavam fazendo".

"Checo não estava segurando, ele não estava escondendo sete décimos porque não queria mostrar. O grid realmente esteve mais próximo aqui. Obviamente pesamos o carro mais para a corrida do que a classificação. Talvez vocês puderam ver que os carros que aqueceram o pneu mais agressivamente sofreram mais na corrida".

EXCLUSIVO: Ouça Massa detalhando possível judicialização do GP de Singapura de 2008

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior VÍDEO F1: Nelsinho Piquet fala sobre Singapura-2008 após caso voltar à tona por causa de busca de Massa por justiça; assista
Próximo artigo F1: Alonso prevê mudanças na ordem de forças a partir dos GPs europeus

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil