F1: Alonso prevê mudanças na ordem de forças a partir dos GPs europeus

Espanhol ainda falou sobre o bom momento que vive a Aston Martin neste começo de 2023

Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team with his engineer

Zak Mauger / Motorsport Images

A temporada 2023 da Fórmula 1 começa a entrar em uma fase "muito interessante", onde a ordem de forças do grid mudará com mais frequência graças à guerra de desenvolvimento dos carros, segundo prevê o bicampeão Fernando Alonso.

Enquanto a Red Bull vive um aproveitamento de 100% na temporada até aqui com vitórias no Bahrein, Arábia Saudita e Austrália, a Mercedes surgiu como a segunda força em Melbourne, batendo a Aston Martin.

Leia também:

Mas o cancelamento do GP da China criou um grande vácuo no calendário até a etapa do Azerbaijão, em 30 de abril. Com a pausa antes da primeira prova em solo europeu, a expectativa é de que as equipes tragam suas primeiras atualizações em Baku, mesmo sendo uma etapa com sprint.

A introdução de novos componentes visando uma melhora de performance abrirá a porta para mudanças na ordem de forças ao longo do campeonato, afirma Alonso.

Questionado pelo Motorsport.com sobre se ficar atrás da Mercedes em Melbourne era a prévia de uma batalha intensa entre as duas equipes, o espanhol disse: "Parece que a classificação é bem importante agora, porque o ritmo de corrida é bem similar, e acho que estamos entrando em uma parte do campeonato que será interessante: qual equipe desenvolve o carro mais rápido?".

"Acho que com as primeiras corridas sendo fora da Europa, é difícil trazer atualizações. Mas, a partir de agora, veremos o nível de mudanças aumentando, corrida a corrida, dependendo de quem trouxer boas novidades".

A McLaren, por exemplo, prometeu uma atualização significativa ao MCL60 para Baku, mas já minimizou as expectativas de um impacto imediato ao início desapontador de campeonato. Já a Mercedes vem falando sobre novidades promissoras de aerodinâmica. Mas estas devem aparecer apenas no fim de maio, em Ímola.

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14, Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14, Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

Alonso indicou que, mesmo se a Aston perder a guerra de desenvolvimento, a temporada já pode ser considerada um sucesso graças aos três pódios consecutivos.

"São dias felizes. Nunca esperávamos o pódio, mesmo durante a temporada, e já temos três em três corridas. Então tudo que vier agora é lucro. Estamos aproveitando as oportunidades para aprender e crescer como equipe também fora da pista, porque estamos lutando contra Red Bull, Mercedes e Ferrari, times que têm esse ritmo de desenvolvimento".

"Talvez estejamos em um processo de aprendizado. Então vamos abordar 2023 de forma bem aberta e ver onde que isso dá".

EXCLUSIVO: Ouça Massa detalhando possível judicialização do GP de Singapura de 2008

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Horner rebate acusação de Russell de que Red Bull está "escondendo o jogo"
Próximo artigo F1: Chefe da Haas revela 'gota d'água' para demissão de Schumacher

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil