Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
61 dias
20 mai
Próximo evento em
75 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
89 dias
10 jun
Próximo evento em
96 dias
24 jun
Próximo evento em
110 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
131 dias
29 jul
Próximo evento em
145 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
173 dias
02 set
Próximo evento em
180 dias
09 set
Próximo evento em
187 dias
23 set
Próximo evento em
201 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
208 dias
07 out
Próximo evento em
215 dias
21 out
Próximo evento em
229 dias
28 out
Próximo evento em
236 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
272 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
281 dias

F1: Magnussen diz que mandar Hulkenberg “chupar b****” será algo que não fará questão de lembrar

Dinamarquês afirma que não entende motivos de episódio ter ficado marcado até hoje, mesmo após quatro anos depois

compartilhar
comentários
F1: Magnussen diz que mandar Hulkenberg “chupar b****” será algo que não fará questão de lembrar

Kevin Magnussen disse que a reputação de seu comentário para Nico Hulkenberg em 2017 se tornou "chata" e não é algo que ele se lembrará de sua carreira na Fórmula 1.

O dinamarquês fez sua última aparição na F1 no final da temporada do ano passado, em Abu Dhabi, após ser dispensado pela Haas. Desde então, ele passou para as corridas de carros esportivos e fará sua estreia pela Chip Ganassi Racing no IMSA, nas 24 Horas de Daytona, no final deste mês.

Leia também:

Magnussen ganhou fama ao longo de sua carreira na F1 por sua natureza franca e honesta, com um incidente regularmente relembrado pelos fãs que ocorreu no GP da Hungria de 2017.

Depois de ser forçado a ir para a grama por Magnussen, enquanto lutava por uma posição, Hulkenberg abordou o piloto da Haas na zona mista após a corrida, interrompendo uma entrevista para chamá-lo de "mais uma vez o piloto menos esportivo do grid".

Magnussen retrucou Hulkenberg, dizendo: "Chupe minhas bolas, cara", com a frase amplamente lembrada entre os fãs de F1.

Magnussen disse que embora esteja feliz por "não ter tentado esconder a pessoa que é" e ter "sido capaz de permanecer fiel a si mesmo" durante sua carreira na F1, ele não entendeu por que ganhou tamanha reputação com o comentário.

"Essa coisa com Hulkenberg ficou comigo e é algo que está se tornando chato de se falar", disse Magnussen ao Motorsport.com.

“Há outras coisas que vou lembrar. Essa chamou muita atenção, mas não é algo que vou lembrar da minha carreira na F1.”

“A maioria das pessoas tende a se concentrar em um evento, como esse entre Nico e eu. É algo que eu nunca penso, mas está preso a mim.”

“Já se passaram quatro anos e ainda me perguntam sobre isso. É como, por que é isso que as pessoas se lembram? É difícil entender.”

"Lembro-me mais dos eventos esportivos e das coisas que aconteceram na pista."

Magnussen passou quatro temporadas na Haas, ajudando a equipe a terminar em quinto lugar no campeonato de construtores em 2018 e vencer uma série de rivais mais bem financiados.

Embora Magnussen tenha dito que foi "realmente divertido" lutar contra nomes como McLaren, Williams, Renault e Toro Rosso com um orçamento muito mais limitado, sua memória esportiva mais forte de seu tempo na F1 foi seu pódio na estreia, no GP da Austrália de 2014.

"Foi a realização de um sonho, tudo se tornando realidade, aquela primeira corrida é algo que nunca esquecerei, o fim de semana inteiro", disse Magnussen.

“Estava com medo de acordar. Era como se estivesse com medo de que tudo aquilo fosse um sonho. Foi muito surreal finalmente experimentar o que sonhei durante toda a minha infância."

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

DEBATE: O que PÉREZ vai CAUSAR na Red Bull? Mais pontos e VITÓRIAS que VERSTAPPEN ou TRETAS?

PODCAST: Top-3: as corridas mais marcantes da história da F1 em nossas memórias

 

Análise técnica: as mudanças que a Ferrari adota para o motor para 2021

Artigo anterior

Análise técnica: as mudanças que a Ferrari adota para o motor para 2021

Próximo artigo

F1: Sainz experimenta simulador da Ferrari pela primeira vez

F1: Sainz experimenta simulador da Ferrari pela primeira vez
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luke Smith