F1: McLaren quer continuar com pinturas especiais no futuro, mas sem perder identidade

Zak Brown acredita que não seja ideal fazer isso com frequência, porque a equipe perde sua identidade e as pinturas perdem o fator surpresa

F1: McLaren quer continuar com pinturas especiais no futuro, mas sem perder identidade
Carregar reprodutor de áudio

Após pinturas especiais para os GPs de Mônaco e de Abu Dhabi, o chefe da McLaren, Zak Brown, está animado para que sua equipe siga trazendo essas pequenas surpresas para a Fórmula 1, após receber um bom feedback dos fãs.

O primeiro design especial da McLaren em 2021 veio no principado, quando abandonou o esquema tradicional por uma pintura em azul e laranja claros remetendo à clássica parceria com a Gulf Oil.

Leia também:

Depois, a equipe trouxe uma mudança para Abu Dhabi. Uma parceria com a Vuse, marca da British American Tobacco, trouxe um design criado pelo artista dos Emirados Árabes Rabab Tantawy.

Enquanto essa rotina de pinturas especiais são comuns em campeonatos como a Indy, devido à compromissos com patrocinadores, na F1 as equipes tendem a ser mais conservadoras, mantendo o mesmo esquema ao longo do ano.

Mas Brown, CEO da McLaren, acredita que exista valor significativo na realização dessas pinturas especiais de tempos em tempos. Só que acredita que seja importante mantê-las limitadas, garantindo que sigam sendo especiais, após notar uma "ótima" reação dos fãs em 2021.

"Acho que fazer isso de forma limitada como fizemos é o balanço ideal", disse Brown ao Motorsport.com no fim de semana do GP de Abu Dhabi. "Queremos manter nossa identidade e tornar uma pintura especial, especial. E se fizermos isso o tempo todo acaba perdendo esse fator".

"Abu Dhabi foi relacionado ao patrocinador. Acho que traz algo vibrante, boas mensagens. Neste caso, foi uma artista da área, sendo um modo de atrair atenção para vários tópicos. Claro, os fãs nos apoiam. Há várias camisas da Gulf por aqui. Então é outro modo de termos engajamento dos fãs. Todos deram um feedback positivo, mostraram seu entusiasmo".

"É algo que queremos fazer e continuaremos fazendo, mas não com frequência, porque você perde sua identidade e o fator especial disso".

Alfa Romeo e a Red Bull foram as duas outras equipes que trouxeram pinturas especiais em 2021. A equipe italiana incorporou elementos verdes em seu design para celebrar a corrida em Monza, enquanto a austríaca trouxe uma pintura branca para o GP da Turquia em homenagem à Honda.

MARI BECKER analisa EVOLUÇÃO de VERSTAPPEN e PRESSÃO em HAMILTON, e fala de como ambos saem maiores

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #155 - Piores da F1 2021: Quais pilotos/equipes decepcionaram? Masi é consenso?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Wolff admite que Mercedes também "teve sorte" com decisões de comissários no ano e não quer Masi fora
Artigo anterior

F1: Wolff admite que Mercedes também "teve sorte" com decisões de comissários no ano e não quer Masi fora

Próximo artigo

F1: Ricciardo descreve vitória em Monza como "deixar um recado", também a si mesmo

F1: Ricciardo descreve vitória em Monza como "deixar um recado", também a si mesmo
Carregar comentários