Últimas notícias

F1: Mercedes terá novo assoalho e suspensão dianteira revisada em Ímola

Equipe alemã dá início ao processo de "revolução" do W14 em busca de retorno à glória

George Russell, Mercedes F1 W14

Sam Bloxham / Motorsport Images

O início de temporada na Fórmula 1 não correu como a Mercedes esperava, e agora a equipe se pressiona para iniciar uma transição para um conceito diferente daquele tão defendido desde 2022. Toto Wolff e James Allison explicaram as áreas nas quais os técnicos estão mais focados para o pacote de atualização que virá em Ímola, com novidades no assoalho e na suspensão dianteira.

O problema para a Mercedes é que o processo para finalizar essa "revolução" deve demorar, não podendo ser concluída ainda durante esta temporada, porque alguns elementos necessitam de uma revisão mais aprofundada, que só poderá ser feita para o carro de 2024.

Leia também:

Atualmente, Lewis Hamilton e George Russell sofrem com um carro que dá pequenos vislumbres de competitividade, mas somente em comparação ao grupo formado por Ferrari e Aston Martin, já que não consegue chegar ao nível da Red Bull.

Em várias ocasiões, o heptacampeão destacou vários defeitos que afligem o W14, desde a falta de carga aerodinâmica na parte traseira até a posição muito avançada do cockpit, mas o elemento sobre o qual ele expressou suas maiores críticas é a dirigibilidade.

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

"O carro está realmente difícil de guiar esse ano", disse Hamilton após o GP em Baku. "Hoje tivemos um ritmo decente, que mostra que estamos no caminho correto e, assim que tivermos as atualizações, estaremos em uma posição muito melhor".

Tendo identificado as falhas no design do carro antes mesmo do início da temporada no Bahrein, a equipe começou a trabalhar com mais firmeza em uma evolução, com a primeira grande atualização marcada para a segunda metade de maio, no GP da Emilia Romagna.

Wolff falou sobre a "necessidade de gerir as expectativas de todos" relativamente ao avanço que os desenvolvimentos trarão a curto prazo, indicando a dirigibilidade e a gestão da distância ao solo como as principais áreas de atenção.

"O objetivo é Ímola. Só que é preciso gerenciar as expectativas, porque estamos falando tanto sobre a atualização que, quando colocarmos na pista, muitos vão achar que estaremos correndo contra a Red Bull. Não é o caso, mas acho que será um bom ponto de partida".

George Russell, Mercedes F1 W14

George Russell, Mercedes F1 W14

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

Allison já destacou que a equipe trabalha em busca de mais downforce, mas que o time de engenharia também trabalha em uma revisão da suspensão dianteira que, segundo Allison, "ajudará no equilíbrio geral do carro para torná-lo mais pilotável".

"Para o nosso carro, o controle de direção é mais importante do que o downforce puro e simples. Poderíamos colocar muito downforce no carro, mas ele ficaria muito baixo e rígido", disse Wolff.

"Você pode notar pelos sidepods que a Red Bull anda bem nas retas, o equilíbrio do carro é fácil. Se você olhar para todos os outros carros, parece que são mais difíceis. Acho que, em geral os carros de efeito solo são péssimos, é uma questão de quem tem o menos pior, não?".

James Allison, direttore tecnico di Mercedes-AMG

James Allison, direttore tecnico di Mercedes-AMG

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Wolff disse que, se não fosse pelo teto orçamentário, a Mercedes teria trazido um chassi completamente novo no fim do ano passado mas, em vez disso, se concentrou na suspensão e na aerodinâmica do assoalho, devido às restrições financeiras.

"Temos que decidir cuidadosamente onde queremos melhorar: em Ímola teremos uma nova suspensão dianteira e a consequente atualização da aerodinâmica e da parte inferior Se a plataforma for a certa, não se trata tanto de adicionar mais 10 pontos de downforce".

"Trata-se mais de dar aos pilotos um carro onde, ao virar o volante nas curvas, eles saibam que a traseira não lhes dará problemas".

Aston Martin-Honda? RICO PENTEADO fala de "foto misteriosa", IMPACTO do acordo na F1 e mais; assista

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #227 - Quem tem mais a ganhar e a perder após 'miniférias' da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Marko reconhece que "não se pode subestimar Pérez" em 2023: "Mudou muito"
Próximo artigo F1: Equipe da Ásia anuncia intenção de entrar no grid entre 2025 e 2026; saiba mais

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil