F1 - Norris critica FIA por ignorar pilotos sobre falta de barreiras em Miami: "Parece que não nos ouvem"

Piloto da McLaren espera que Federação aprenda com seus erros, e acredita que assunto será discutido novamente em Barcelona

F1 - Norris critica FIA por ignorar pilotos sobre falta de barreiras em Miami: "Parece que não nos ouvem"
Carregar reprodutor de áudio

Lando Norris espera que a FIA tenha aprendido com a decisão de não instalar uma barreira de proteção, chamada TecPro, na curva 13 do circuito de Miami após dois incidentes fortes no GP de Fórmula 1 da semana passada.

Carlos Sainz bateu na saída da curva 13 durante o segundo treino livre em Miami, deixando-o com dores no pescoço pelo resto do fim de semana. O espanhol levou o assunto para discussão na reunião dos pilotos com a direção de prova, sugerindo a instalação de uma barreira de TecPro, mas sem uma resposta da FIA.

Leia também:

No sábado, foi a vez de Esteban Ocon bater na mesma curva, um choque com intensidade de 51G, que danificou seu chassi, impedindo a participação do francês na classificação. Para comparação, a batida de Max Verstappen no ano passado em Silverstone, foi de 52G, sendo que aconteceu em um trecho de alta. No domingo, o francês se recuperou para terminar em oitavo, mas admitiu que estava sofrendo fisicamente.

Vários pilotos reclamaram da decisão da FIA de não instalar uma barreira de TecPro, mesmo após as reclamações feitas na sexta e no sábado. Entre eles está Norris, que acredita que o assunto não esteja encerrando ainda, sendo tópico da próxima reunião, em Barcelona.

"Acho que aprendemos a partir de nossos erros, e espero que eles tenham aprendido com o que aconteceu. Como pilotos, meio que entendemos as coisas diferentemente de quem não está guiando".

"É importante que, quando damos conselhos, que eles sejam levados a sério, especialmente quando acho que as consequências de não ter uma barreira ali são maiores. Especialmente se isso aconteceu, foi dito e nada foi feito. Aconteceu novamente e foi ainda pior. As pessoas precisam nos ouvir".

"Somos nós que pilotamos os carros. Sabemos mais do que eles em muitas coisas, eles sabem mais que nós em outras. Precisamos trabalhar mais juntos. Mas, no momento, parece que não nos ouvem muito".

Marshals assist Esteban Ocon, Alpine A522, after a crash

Marshals assist Esteban Ocon, Alpine A522, after a crash

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Norris acrescentou que a FIA não seguiu as indicações dos pilotos em "um grande assunto de segurança", levando a "grandes consequências também".

"Esteban teve um chassi danificado. Eles precisam tomar mais ações".

Ocon elogiou os esforços da Alpine para reparar o carro ao longo do sábado para que ele participasse da corrida no domingo, afirmando que "tudo estava quebrado". O chefe da Alpine, Otmar Szafnauer, diz que é fácil afirmar que a decisão da FIA deveria ter sido outra, mas cobrou uma análise da Federação sobre o assunto.

"Se olharmos para trás, a FIA deveria ter revisto isso. Minha opinião pessoal é de que, se tivéssemos uma TecPro ali, teria sido mais seguro. O trabalho da FIA não é proteger carros, mas proteger pilotos e carros é algo correlato. Se o carro está danificado, o piloto pode se machucar também".

"Outra coisa que talvez tenhamos que olhar é o estado do terceiro carro. No passado, teríamos usado isso. Não acho que precisamos ir tanto assim, porque precisaríamos de mais pessoas. Mas se o carro é um pouco mais feito com as mesmas peças que você já tem, aí teria uma chance melhor de repará-lo para a classificação".

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #177 - Red Bull 'roubou' status de favorita ao título da Ferrari?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ferrari acredita que vantagem da Red Bull seja de dois décimos
Artigo anterior

F1: Ferrari acredita que vantagem da Red Bull seja de dois décimos

Próximo artigo

F1: Ferrari fará dia de filmagem em Monza com Leclerc nesta sexta

F1: Ferrari fará dia de filmagem em Monza com Leclerc nesta sexta
Carregar comentários