F1 - Norris: McLaren não teve pré-temporada perfeita em Barcelona

Britânico descartou avaliação de Russell, que falou que a McLaren parecia "incrivelmente forte"

F1 - Norris: McLaren não teve pré-temporada perfeita em Barcelona
Carregar reprodutor de áudio

Após terminar o primeiro dia como o mais rápido em Barcelona, Lando Norris e a McLaren terminaram a primeira fase da pré-temporada da Fórmula 1 2022 com o quarto melhor tempo no geral. Mas o britânico afirmou que os testes de sua equipe "não foram perfeitos", apesar da forte exibição.

A McLaren acumulou 367 voltas com o MCL36 ao longo dos três dias, ficando atrás apenas de Ferrari e Mercedes na quilometragem. George Russell, da equipe alemã, disse durante os testes que via a McLaren competitiva, afirmando que a rival estava "incrivelmente forte".

Leia também:

Enquanto Norris afirma que a McLaren teve um "início decente", ele diz que ficou longe de ser perfeito, devido a vários problemas que tiveram que batalhar ao longo dos três dias.

"George obviamente liderou uma das sessões, então se ele acha que nós estamos fortes, nós vamos falar que ele está forte", disse Norris após o fim da sessão da manhã de sexta, que terminou com Russell na ponta.

"Mas se há alguma equipe no grid que você espera que estará na frente quando for para valer, são Mercedes e possivelmente Red Bull. Então não. Não acho que estamos em uma posição fantástica. Acho que estamos bem posicionados. Tivemos um carro que funcionou bem assim que foi à pista. Claro, sempre há coisas novas e problemas inesperados aqui e ali. Mas foi um bom começo".

Lando Norris, McLaren MCL36

Lando Norris, McLaren MCL36

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

O primeiro dia correu sem problemas, sem a presença de bandeiras vermelhas, mas com os problemas de confiabilidade surgindo com o passar dos dias, a manhã da sexta-feira teve um impressionante total de cinco paralisações.

Um dos principais desafios que as equipes tiveram que lidar nos testes foi o fenômeno do porpoising, que faz com que os carros 'quiquem' sob alta velocidade na reta, uma consequência do retorno do efeito solo. E a impressão que fica é que a McLaren encontrou uma resposta para esse efeito mais rápido que as demais.

Questionado se ficou surpreso com o nível de confiabilidade no primeiro teste, Norris disse: "Não, não espero que coisas ruins aconteçam. Você sempre espera trabalhar no nível mais alto. Mas ainda tivemos muitos problemas. Não foi perfeito. Talvez de fora tenha parecido incrível. Mas há muitas coisas nos bastidores que não ficaram foram de controle, mas temos que trabalhar no futuro".

"Acho que foi como o esperado. Tivemos nossos problemas. E outras equipes também tiveram seus problemas. Estou tentando entendê-los e garantir que não aconteçam novamente nos próximos dias ou no próximo teste".

Norris voltará a guiar o MCL36 na segunda parte da pré-temporada, marcado para 10 a 12 de março no Bahrein, uma semana antes do início da temporada 2022 no mesmo circuito, no dia 20 do mesmo mês.

F1 2022: PIETRO FITTIPALDI de volta ao grid? HAMILTON lidera e ALONSO vê carro pegar FOGO na Espanha

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #163 - Rico Penteado destrincha carros de 2022 da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Vettel define carro da Aston de 2022 como "animal completamente diferente"
Artigo anterior

F1: Vettel define carro da Aston de 2022 como "animal completamente diferente"

Próximo artigo

F1 - Bottas: Alfa Romeo "tem trabalho a fazer" após pré-temporada limitada em Barcelona

F1 - Bottas: Alfa Romeo "tem trabalho a fazer" após pré-temporada limitada em Barcelona