Entrevista
Fórmula 1 GP da Grã-Bretanha

F1: "Não tomei as decisões certas, não tenho desculpas", diz Norris após GP da Grã-Bretanha

Após assumir a liderança com a chegada da chuva, britânico acabou terminando em terceiro lugar

Lando Norris, McLaren MCL38

Se os sorrisos podem ser vistos nos dois primeiros degraus do pódio, é difícil esconder a decepção e o arrependimento para Lando Norris. O britânico largou em terceiro e chegou a assumir a liderança do GP da Grã-Bretanha, mas acabou terminando na mesma posição em que saiu por conta de erros, más escolhas estratégicas e decisões difíceis de digerir.

Já na largada, de fato, o britânico perdeu a posição para Max Verstappen na curva três, caindo para a quarta posição. A chegada gradual das primeiras gotas de chuva, no entanto, deram vida à sua corrida, com um ritmo inigualável pelas outras equipes de ponta, o que o levou a assumir a liderança após 20 voltas.

Leia também:

Com o início da chuva, enquanto Verstappen e Carlos Sainz encontravam o momento certo para parar, a vantagem que Norris já tinha e a prioridade no pit stop em relação a Oscar Piastri permitiram que o número 4 saísse novamente na frente, após a parada para colocar intermediários.

Lando Norris, McLaren MCL38, Oscar Piastri, McLaren MCL38

Lando Norris, McLaren MCL38, Oscar Piastri

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Depois de uma primeira parte do stint bem administrada, quando a pista começou a secar, Hamilton começou a se aproximar e fez a mudança para slicks mais cedo. A McLaren chamou Norris para colocar pneus de pista seca logo em seguida, mas o britânico voltou atrás do heptacampeão.

Nos instantes anteriores, houve uma longa conversa com Norris pelo rádio sobre qual composto escolher quando a pista secasse, já que a mudança para os pneus slicks era dada como certa antes do final da corrida, devido à melhora das condições. A própria McLaren afirmou ter outro conjunto de médios, um composto que Red Bull e Mercedes não tinham.

Independentemente do momento em que foi feita a parada, a escolha dos pneus também foi errada. A decisão de colocar macios foi, de certa forma, partilhada: na volta de entrada nos boxes, foi perguntado a Norris qual o piloto que gostaria de cobrir, ou seja, Hamilton, optando assim pelo composto mais macio, ou Verstappen, escolhendo o médio. A escolha de Lando foi cobrir Hamilton, por isso, no final, a McLaren decidiu pelos macios, também graças aos tempos que os pilotos estavam marcando naquele momento com aquele composto.

Lando Norris, McLaren MCL38, Oscar Piastri, McLaren MCL38

Lando Norris, McLaren MCL38, Oscar Piastri

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

No entanto, quando há uma situação de cruzamento entre o inter e o slick, é preciso considerar se vale a pena usar o macio, especialmente em pistas onde é fácil gerar desgaste, como é o caso de Silverstone. No final, a escolha do macio não compensou e Norris foi ultrapassado por Verstappen, com a Red Bull tendo seguido esse raciocínio ao optar pelo duro.

"Parabéns a Lewis: ele tomou aquela decisão crucial no final, então, tiremos o chapéu para ele e para a Mercedes. Eles merecem. Foi difícil, foi bom, foi divertido - lutar com esses caras e nessas condições difíceis é sempre difícil e você se arrisca muito", disse Norris.

"Fizemos muitas coisas boas, mas também tivemos muitas decepções hoje. Como equipe, acho que não fizemos o trabalho que deveríamos ter feito ou não fomos bons o suficiente. Ainda assim, é bom estar no pódio aqui em Silverstone", acrescentou.

Lando Norris, McLaren MCL38

Lando Norris, McLaren MCL38

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Além da responsabilidade da equipe, Norris também ressaltou que estava ciente de que não havia tomado as decisões corretas hoje que lhe renderam a oportunidade de conquistar uma vitória que, ao contrário, parecia estar ao alcance.

"Não estou tomando as decisões certas, mas ao mesmo tempo me culpo hoje por não ter tomado algumas boas decisões. Eu odeio isso. Odeio acabar nesta posição e ter de inventar desculpas por não ter feito um trabalho bom o suficiente", disse um Norris que claramente demonstrou estar decepcionado.

"Mas ainda estou feliz. Ainda pretendo aproveitar. Fizemos muitas coisas certas, há muitos pontos positivos. Mas, especialmente aqui em Silverstone, estávamos em um lugar onde eu gostaria que tudo saísse perfeitamente. Hoje não foi assim, mas tudo bem: voltaremos mais fortes no ano que vem e tentaremos novamente", concluiu.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Verstappen x Norris: nasce uma nova guerra na Fórmula 1? Ouça debate

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Emocionado, Hamilton dedica vitória na Grã-Bretanha à Mercedes
Próximo artigo F1: Verstappen revela ter pensado que seria "quinto ou sexto" em Silverstone

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil