F1: Organização do GP da Holanda considera corrida no final de 2021 para que fãs possam comparecer à prova

Zandvoort não recebe uma corrida da categoria há 35 anos; diretor esportivo do GP afirmou que fãs são essenciais para o evento

F1: Organização do GP da Holanda considera corrida no final de 2021 para que fãs possam comparecer à prova

Pista que receberá o GP da Holanda de Fórmula 1 pela primeira vez desde 1985, Zandvoort está aberta à possibilidade de uma data posterior no calendário da categoria em 2021 para que os fãs possam comparecer.

O traçado, que obteve sua licença de Grau 1 da FIA nesta semana, deveria retornar à F1 no início deste ano, mas a pandemia de COVID-19 forçou o cancelamento da corrida.

Leia também:

A pandemia também causou um atraso na concessão da licença de Grau 1 da FIA para a pista, necessária para que um circuito receba corridas de F1.

Em um evento em Zandvoort na quarta-feira (26), a pista foi formalmente apresentada a sua licença de Grau 1, que o diretor esportivo do Grande Prêmio da Holanda, Jan Lammers, chamou de "marco histórico".

"O último GP (aqui) foi realizado em 1985 e agora temos uma pista certificada novamente. Podemos estar muito orgulhosos de nossas instalações", disse Lammers ao Motorsport.com.

"Essa é uma bela pista com caráter lendário, que ainda é o mesmo. E adicionamos alguns efeitos legais e surpreendentes com as curvas inclinadas. Não poderíamos desejar nada melhor”.

O evento também viu Zandvoort anunciar um novo parceiro de título para a pista, que será formalmente conhecida como ‘CM.com Circuit Zandvoort’.

A F1 conseguiu organizar corridas em muitos de seus circuitos europeus planejados durante a temporada de 2020 com portões fechados, embora seja possível que os eventos no final deste ano sejam abertos aos fãs.

Lammers estava esperançoso de que Zandvoort seria capaz de sediar um Grande Prêmio da Holanda aberto aos fãs em maio, mas estava aberto à ideia de organizar a corrida no final do ano se isso significasse que os espectadores pudessem comparecer.

"Não temos apoio do governo e estamos organizando uma corrida de F1 com nossos próprios fundos, então precisamos que os fãs o façam", disse Lammers.

“Pretendemos criar um festival para toda a família, um verdadeiro festival de corridas ao longo de três dias. Por isso, precisamos que o público mostre todo o potencial do evento. Com eles e graças a eles podemos organizar estas grandes coisas”.

"Portanto, se maio de 2021 não for possível com os fãs, talvez possamos organizar o GP da Holanda no final do ano."

“A atual temporada é um pouco mais longa. Talvez comecemos no próximo ano um pouco mais tarde, então quem sabe, quando a situação permitir estaremos entre os primeiros grandes prêmios, quando poderemos estar todos juntos novamente sem distanciamento social”.

“Mas precisamos de uma vacina ou de uma cura para isso, o que é muito complicado de falar. Espero que a situação no mundo nos permita organizar um evento em maio ou depois durante o ano, mas com fãs”.

"Isso é o que realmente queremos”.

DIRETO DO PADDOCK: A alfinetada de Verstappen e a possível saída da Globo com participação de Ricardo Zonta

PODCAST Motorsport.com debate qual seria o calendário ideal da Fórmula 1; ouça

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Bottas lidera dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre para o GP da Bélgica; Ferrari fica no fundo

Artigo anterior

F1: Bottas lidera dobradinha da Mercedes no primeiro treino livre para o GP da Bélgica; Ferrari fica no fundo

Próximo artigo

Pr1meiro Stint: Por que a Mercedes usa tão pouco o DAS?

Pr1meiro Stint: Por que a Mercedes usa tão pouco o DAS?
Carregar comentários