Últimas notícias

F1: Pérez dá versão sobre 'treta' do ritmo com Red Bull e Verstappen

Mexicano elogiou decisão da equipe em permitir a disputa entre ele e seu companheiro de equipe, mas sentiu que ambos poderiam ter pegado mais leve

Sergio Perez, Red Bull Racing RB19

Sergio Pérez venceu o GP da Arábia Saudita, segunda etapa da temporada 2023 da Fórmula 1, e viu seu companheiro de equipe Max Verstappen chegar em segundo lugar e conquistar a volta mais rápida da corrida. Na visão do mexicano, foi acertado por parte da Red Bull deixar os dois pilotos disputarem entre si, mas sentiu que ambos poderiam ter diminuído o ritmo. 

Leia também:

No último quarto da corrida, Verstappen começou a relatar vibrações ao redor do eixo de transmissão com ruídos preocupantes que apareciam em alta velocidade, temendo uma repetição de sua falha na classificação. Pérez também relatou que seu pedal de freio estava começando a ficar "longo", mas os dois pilotos foram informados de que nenhum dos dados no pitwall era uma preocupação imediata para os engenheiros.

O holandês continuou tentando reduzir a diferença para o mexicano, tendo consistentemente diminuído cerca de um décimo de segundo da vantagem de seu companheiro de equipe por volta. Mas Pérez estava respondendo com voltas rápidas e foi ao rádio para dizer à sua equipe que sentia que "estamos pressionando sem motivo" e "não precisamos disso".

Questionado pelo Motorsport.com se ele estava querendo que a Red Bull interviesse com as ordens da equipe, Sergio Pérez respondeu o contrário e afirmou sua felicidade em disputar com Verstappen - e na verdade estava mais preocupado com os sustos de confiabilidade.

"Obviamente, eles têm mais informações do que nós e acho que a equipe fez um trabalho fantástico ao nos deixar correr", disse Perez. “Senti que havia um ponto em que, nas últimas 10 voltas, tínhamos um ritmo muito semelhante, mais rápido ou mais lento."

Max Verstappen, Red Bull Racing, 2nd position, the Red Bull trophy delegate, Sergio Perez, Red Bull Racing, 1st position, Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team, provisionally 3rd position, on the podium

Max Verstappen, Red Bull Racing, 2nd position, the Red Bull trophy delegate, Sergio Perez, Red Bull Racing, 1st position, Fernando Alonso, Aston Martin F1 Team, provisionally 3rd position, on the podium

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

“E eu senti que a diferença [se ambos continuassem a pressionar] provavelmente teria sido um pouco menor ou um pouco maior, mas não teria mudado nada. Eu estava apenas pensando no carro, estava tendo algumas vibrações estranhas e, obviamente, o que aconteceu com Max [na classificação] estava no fundo da minha mente hoje."

"Tenho certeza de que isso também estava na cabeça da equipe. Portanto, era apenas uma questão de garantir que os dois carros terminassem para obter o máximo de pontos."

Verstappen, tendo que realizar corrida de recuperação por ter largado da 15ª colocação, explicou que "não se importava" em ter que correr para abrir caminho, mas mesmo assim estava insatisfeito por terminar em segundo. Ele pediu à equipe que avaliasse mais a confiabilidade, principalmente se os dois carros estiverem na disputa pelo título no final da temporada.

"Precisamos ter certeza de que somos confiáveis, sem problemas. Depois de três sessões de treinos positivas, tive problema na classificação, mas recuperei o segundo lugar, o que é bom."

“Em geral, o sentimento na equipe é que todos estão felizes, mas pessoalmente não estou feliz porque não estou aqui para ser o segundo, especialmente quando você está trabalhando muito duro também na fábrica para garantir que você chegue aqui em bom estado."

"Então você tem que fazer uma corrida de recuperação, não me importo de fazer, mas quando você está lutando por um campeonato e quando parece que é só entre dois carros, temos que ter certeza que também os dois carros são confiáveis."

Prenúncio de APOSENTADORIA? CRISE na Mercedes F1 precede FIM DA LINHA entre Hamilton e Wolff? DEBATE

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #221 - Crise na Mercedes pode significar fim da linha para Hamilton?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior F1: FIA revisará regras após polêmica com Alonso no GP da Arábia Saudita
Próximo artigo F1 - Rosberg dispara contra Verstappen: "Ele poderia ser mais grato"
Assinar