Fórmula 1 GP da Emilia Romagna

F1: Presidente do Automóvel Clube da Itália confirma que GP da Emilia Romagna em Ímola não será remarcado em 2023

Calendário inchado não permite remanejamento da etapa para outro momento do ano

A notícia do cancelamento do GP da Emilia Romagna de Fórmula 1 nesta quarta-feira (17) deixou no ar a dúvida sobre um possível remanejamento da etapa para outro momento do ano. Mas o presidente do Automóvel Clube da Itália confirmou que a prova de Ímola não acontecerá em 2023, com a expectativa de uma extensão natural do contrato.

As fortes chuvas que afetam a região desde o início do mês já causaram inundações e deslizamentos, levando à morte de pelo menos duas pessoas.

Leia também:

No início desta semana, a região foi colocada sob alerta vermelho, devido à previsão de 150mm de chuva entre terça e quarta-feira. Aulas foram suspensas e diversas estradas foram fechadas devido aos riscos de inundação, com a população sendo orientada a evitar deslocamentos ao máximo.

Membros da F1 já estavam em Ímola desde o início desta semana para a montagem das garagens e áreas de hospitalidade e, na terça-feira, foram orientados a evacuar o paddock devido ao transbordamento do rio que fica ao lado do circuito. Na quarta-feira, horas antes do cancelamento ser oficializado, a orientação ainda era de evitar o autódromo.

Com o cancelamento confirmado, o calendário da F1 volta a ser de 21 etapas, com Ímola se juntando ao GP da China, cortado ainda no ano passado devido à manutenção das políticas anti-Covid do país.

Mas o anúncio do cancelamento deixou dúvidas se essa decisão era definitiva ou se seria possível remanejar a prova para algum outro momento da temporada, algo que foi descartado por Angelo Sticchi Damiani, presidente do Automóvel Clube da Itália.

"Nós anunciamos o cancelamento definitivo do GP da Emilia Romagna 2023", disse Damiani em entrevista à revista Tuttosport. "Temos 99% de certeza de que recuperaremos o GP em 2026, já que o contrato vigente se prorrogará em mais um ano".

No momento, o GP da Emilia Romagna tem contrato garantido até a temporada de 2025, com o circuito de Ímola retornando ao calendário em 2020 devido ao impacto da pandemia da Covid-19.

Binotto na Alpine? Ex-Renault, Rico Penteado comenta possibilidade e critica CEO da equipe

Podcast #230 – Campeonato terá ‘revolução’ após primeira rodada tripla do ano?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Equipes e pilotos se manifestam sobre cancelamento do GP de Ímola
Próximo artigo F1: Veja como fica o calendário após cancelamento do GP de Ímola

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil