F1: Red Bull completa primeiro pit stop na escuridão total; veja vídeo

Tempo realizado pelo time austríaco é melhor que muitas paradas feitas durante um fim de semana de corrida

Watch: É possível fazer um pit stop de Fórmula 1 no escuro?

A Red Bull encerrou a temporada 2023 da Fórmula 1 com um desafio inédito: completar um pit stop na escuridão total, conseguindo o feito com um tempo de 02s84 na sede de Milton Keynes.

O time austríaco é conhecido por suas atividades elaboradas de ativação nas redes sociais e, desta vez, treinou seu time de mecânicos para realizar um pit stop na escuridão total, como celebração da conquista do hexacampeonato do "Campeonato de Pit Stops Mais Rápidos da DHL", patrocinadora da F1.

Leia também:

O troféu é dado para a equipe que produz os pits mais rápidos em média ao longo de uma temporada da F1, com a Red Bull superando a Ferrari e a Mercedes na classificação de 2023.

Após três treinos vendados, os 22 mecânicos foram "colocados em total escuridão" em uma fábrica com luzes apagadas, e com seus capacetes também vedados. Após 10 tentativas, eles melhoraram seu ritmo de 08s84 para apenas 02s84, o que, na verdade, é mais rápido que muitos pits das equipes em um fim de semana normal de corridas.

Enquanto os mecânicos responsáveis pelas trocas de pneus trabalharam às cegas, os que operavam os macacos usaram dispositivos de visão noturna projetadas pelo exército.

Red Bull Racing pitch black pit stop

Photo by: Red Bull Content Pool

Red Bull Racing pitch black pit stop

"O senso de visão, poder ver o carro, seus companheiros e o que você está fazendo são partes intrínsecas para o sucesso de um pit stop, então ter isso tirado de você cria grandes desafios", disse o diretor esportivo da Red Bull, Jonathan Wheatley.

"Porém, assim que ficou claro o quão fluida a equipe é em sua abordagem, comunicação, habilidade e espírito de coesão, a tarefa ficou mais fácil. Estou bem orgulhoso da performance".

"O tempo de 02s84 é forte mesmo na luz do dia. Não estou dizendo para apagarmos as luzes nas corridas, mas poder fazer isso de forma tão sucinta, no escuro, mostra o quão 'azeitada' a equipe é, uma prova do nosso hexacampeonato. Um belo trabalho".

Até o GP do Catar deste ano, a Red Bull detinha também o recorde mundial de pit stop mais rápido da categoria, sendo superado por apenas dois centésimos de segundo pela McLaren e Lando Norris, de 01s82 para 01s80.

Motorsport Business #8 – THIAGO MARQUES: A INCRÍVEL jornada da Sprint e chegada AVASSALADORA da NASCAR

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #260 – Quem só deu bola fora na F1 em 2023?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior FIA divulga lista da F1 2024, mas Red Bull mantém mistério sobre novo nome da AlphaTauri; veja novidades
Próximo artigo F1: FIA rebate acusações de Todt e acusa ex-presidente de deixar estado financeiro "insustentável" para Sulayem

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil