F1: Red Bull diz que ganhar em 2021 seria sua maior conquista "por estarem sendo atacados o ano todo"

Chefe da equipe austríaca Christian Horner ainda destacou que Hamilton e Mercedes nunca tiveram rivais à altura como eles e Verstappen

F1: Red Bull diz que ganhar em 2021 seria sua maior conquista "por estarem sendo atacados o ano todo"

Com seis corridas restando para o final da temporada da Fórmula 1, Max Verstappen, da Red Bull, lidera o campeonato de pilotos sobre Lewis Hamilton e tem uma chance real de ser o primeiro campeão da era híbrida fora da Mercedes, que ganhou seis títulos com o britânico e um com Nico Rosberg. Para Christian Horner, chefe da equipe austríaca, isso traz sentimentos inéditos à rival e ao heptacampeão.

A escuderia também já dominou a categoria de 2010 a 2013, quando Sebastian Vettel levou quatro campeonatos consecutivos, mas superar os reis do atual momento do esporte seria sua "maior conquista", de acordo com o mandatário em Milton Keynes.

Leia também:

"Lewis teve uma carreira incrível e ainda está numa forma fantástica, o fato de Max conseguir ficar roda a roda é provavelmente algo que não teve ao longo da sua carreira, nada com esse grau de intensidade", disse Horner ao jornal britânico The Guardian. "Obviamente, há muito em jogo para ele, já que está na luta por um oitavo título, um recorde, enquanto Verstappen busca seu primeiro e sabe que ainda tem muitos anos pela frente."

"Seria nossa maior conquista. Se você olhar para a força da Mercedes e o domínio que tem, fica claro que ninguém chega perto deles há anos. Ninguém os colocou sob esse tipo de pressão nesta fase da temporada. Portanto, vai ser uma conquista enorme se conseguirmos."

Apesar de serem os protagonistas da atual temporada junto à rival alemã, a Red Bull não se mostrou satisfeita ao longo do ano com algumas decisões da categoria, que incluíram mudança nos pit stops, ponto forte do time, e 'ataques' às características de seu veículo.

"Há muito mais coisas nos bastidores e uma investida constante da FIA em todos os aspectos do nosso carro", comentou Horner. "Na comparação de quando competimos contra Ferrari e McLaren de 2010 a 2013, é algo muito diferente. Você tem de se defender se for atacado, como nós somos desde o começo do ano, seja com o conceito de aerodinâmica, os pit stops ou outras coisas do chassi."

F1 AO VIVO: Verstappen PISTOLA, RECADO de Pérez, CÁLCULO de Hamilton, PUNIÇÃO a Vettel e tudo do GP

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #139 – Qual o campeonato da F1 mais emocionante do século?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Marko: "Seremos campeões com duas vitórias e quatro pódios"
Artigo anterior

F1 - Marko: "Seremos campeões com duas vitórias e quatro pódios"

Próximo artigo

F1: Wolff admite problemas de confiabilidade no motor Mercedes e risco de abandonos na reta final de 2021

F1: Wolff admite problemas de confiabilidade no motor Mercedes e risco de abandonos na reta final de 2021
Carregar comentários