F1: Russell diz que ida ao Q3 na Áustria "é como uma pole position para Wiliiams"

Britânico brilha no Red Bull Ring, conquista seu melhor resultado em classificações e coloca a escuderia na parte final do treino pela primeira vez desde 2018

F1: Russell diz que ida ao Q3 na Áustria "é como uma pole position para Wiliiams"
Carregar reprodutor de áudio

George Russell conseguiu sua melhor classificação pela Williams desde a estreia na Fórmula 1 e passou ao Q3 pela primeira vez na carreira, no treino deste sábado (03) para o GP da Áustria. Para ele, isso "foi como uma pole position" para a equipe.

O britânico terminou a apenas oito milésimos de uma vaga para a parte final da qualificação no sábado passado na etapa da Estíria, também no Red Bull Ring, e estava em busca de pontos na corrida antes que um problema com a unidade de força o fizesse abandonar.

Leia também:

Apesar do revés, Russell mostrou capacidade de superação, apostou em usar pneus médios para melhorar o tempo e, além de ter conseguido, ainda eliminou a Ferrari, jogando Carlos Sainz para 10º e Charles Leclerc para 12º.

Além de tudo, o piloto ainda ganhou uma posição no grid, já que Sebastian Vettel foi punido por bloquear Fernando Alonso na Curva 10, ficando com o oitavo lugar.

“Realmente parecia uma pole position para nós”, disse ele após a sessão. “Ir para o Q3 é uma coisa, mas fazer isso com os médios é melhor ainda. Estávamos obviamente debatendo antes da sessão em que ordem faríamos o Q2, se seria de macios seguidos pelos amarelos ou vice-versa, mas estávamos certos de que não queríamos ficar entre os 10 primeiros com os vermelhos."

George Russell, Williams FW43B

George Russell, Williams FW43B

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

O resultado de Russell é a primeira vez desde o GP da Itália de 2018 que a Williams se classifica ao Q3. A única outra aparição do piloto na parte final de uma qualificação foi quando substituiu Lewis Hamilton pela Mercedes em Sakhir no ano passado, ao largar em segundo.

A equipe entrará na corrida de domingo perseguindo seus primeiros pontos desde a etapa da Alemanha de 2019, com chances reais de ultrapassar Haas e Alfa Romeo no campeonato de construtores.

“Estamos em uma posição incrível, já que a AlphaTauri está de macios à nossa frente, [Lance] Stroll e provavelmente Sebastian [Vettel] atrás de nós com os mesmos compostos. Achamos que esse pneu vai ser desastroso na corrida. Parecia que eles sabiam de algo que nós não! Espero estar errado", brincou Russell.

“Temos flexibilidade para fazer o que quisermos com a estratégia, enquanto esses caras estão muito presos", completou.

O desempenho do britânico veio no mesmo dia em que a Mercedes anunciou que Hamilton permanecerá com a equipe por mais dois anos. O que criou uma luta direta com Valtteri Bottas pelo segundo assento da equipe alemã, mas ele disse que não pensa nisso no momento.

“Não passa pela minha cabeça”, disse o piloto. "Estou apenas focado em uma semana após outra, quero mostrar o que posso fazer para todos e para mim mesmo, para Williams e Mercedes, espero que isso contribua."

F1 AO VIVO: Verstappen VOA, Norris ASSOMBRA e Mercedes em DESESPERO; acompanhe debate do quali | Q4

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

TELEMETRIA: Quais as esperanças de Hamilton na Áustria? Rico Penteado responde

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Norris diz que pode vencer GP da Áustria se chance aparecer
Artigo anterior

F1: Norris diz que pode vencer GP da Áustria se chance aparecer

Próximo artigo

F1 - Ricciardo: "Não sei como tirar um tempo como o de Norris"

F1 - Ricciardo: "Não sei como tirar um tempo como o de Norris"
Carregar comentários