F1: Russell diz que Mercedes garantiu que ele não será segundo piloto em 2022

Britânico da Williams já tem sua ida à equipe alemã acertada e a discussão na categoria é se entrará em pé de igualdade com Hamilton

F1: Russell diz que Mercedes garantiu que ele não será segundo piloto em 2022

George Russell disse que a Mercedes deixou "muito claro" que ele estará em "termos iguais" com Lewis Hamilton quando se tornarem companheiros de equipe da Fórmula 1 em 2022. A equipe alemã pôs fim aos meses de especulação ao anunciar na última terça-feira (7) que o britânico ocuparia o segundo assento, substituindo Valtteri Bottas, após três temporadas com a Williams.

O piloto é membro do programa de jovens da escuderia desde 2017 e substituiu o heptacampeão no GP de Sakhir do ano passado, depois que este ficou de fora por ter contraído Covid-19.

Leia também:

A mudança dará a Russell a primeira chance de sua carreira na F1 de lutar regularmente na frente do pelotão, com muitos esperando uma luta acirrada contra Hamilton, piloto 13 anos mais velho.

No entanto, o britânico não está se juntando à Mercedes esperando desempenhar um papel de segundo piloto e declarou que estaria “definitivamente entrando em pé de igualdade” no próximo ano.

"Isso ficou muito claro para mim", disse Russell. "Acho que a Mercedes é sempre respeitosa quanto a isso, para dar a ambos os pilotos a melhor oportunidade. Naturalmente, acredito em mim mesmo e tenho grandes aspirações, mas também sei como vai ser difícil."

"Lewis é heptacampeão mundial por um motivo. Acho que provavelmente estou em uma das posições mais afortunadas do grid por poder aprender com ele. Para mim, vejo esta parceria com a escuderia como uma algo a longo prazo e acho que preciso usar o próximo ano como uma oportunidade real para aprender. No entanto, não tenho pensamentos iniciais."

A Mercedes sempre deu aos seus pilotos oportunidades iguais e só implementou as ordens da equipe quando um piloto parecia firmemente fora da corrida pelo título, visto com mais clareza no GP da Rússia de 2018, quando Bottas se afastou para deixar Hamilton vencer a corrida.

O ex-companheiro de equipe do heptacampeão, Nico Rosberg, disse recentemente que a chegada de Russell poderia tornar a atmosfera na Mercedes "mais aquecida", enquanto Max Verstappen achava que George tornaria a vida "muito difícil" para Lewis.

O piloto da Williams estava confiante de que não haveria nenhuma repetição de problemas internos após sua chegada, e que a escuderia havia aprendido com as experiências anteriores.

"Acho que a Mercedes teve uma experiência clara de uma dinâmica pobre dentro da equipe e eles deixaram absolutamente claro que não querem isso de novo", disse Russell. "Pessoalmente, também não quero isso. Eu acho que é importante companheiros trabalharem juntos, para impulsionar o time."

"No próximo ano teremos um novo carro e novos regulamentos. Não há garantias de quem será mais rápido. Acho que é nosso trabalho como pilotos levar isso adiante. Eu também diria que Lewis e eu estamos em estágios muito diferentes de nossa carreira, o que também ajuda, e tenho muito respeito por ele. Não vejo nenhum problema", concluiu.

F1 AO VIVO: A POLÊMICA em torno do motor Mercedes, Red Bull PREOCUPADA e porta fechada para de Vries | DIRETO DO PADDOCK

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Direto do Paddock: Polêmica em torno do motor Mercedes, Red Bull preocupada e porta fechada para de Vries na F1
Artigo anterior

Direto do Paddock: Polêmica em torno do motor Mercedes, Red Bull preocupada e porta fechada para de Vries na F1

Próximo artigo

F1: Hamilton diz que Mercedes aprendeu a gerir equipe após Rosberg

F1: Hamilton diz que Mercedes aprendeu a gerir equipe após Rosberg
Carregar comentários