F1: Russell revela incompreensão de altos e baixos da Mercedes em um fim de semana

Piloto teve bons desempenhos nos treinos livres, mas deixou a desejar no classificatório

F1: Russell revela incompreensão de altos e baixos da Mercedes em um fim de semana
Carregar reprodutor de áudio

George Russell disse que seu Mercedes W13 de Fórmula 1 é “mortal de se guiar”, já que o quique continua frustrando a equipe de Brackley.

Russell e seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, terminaram em quinto e sexto em Miami no último fim de semana, embora estivessem bem abaixo do ritmo das Red Bulls e Ferraris à frente.

Leia também:

Eles pareciam muito mais competitivos nos treinos de sexta-feira, mas essa performance desapareceu com o passar do fim de semana. No entanto, Russell continua convencido de que o desempenho está no carro.

“Sim, está lá, só precisamos tentar desbloqueá-lo”, disse ele. “Acho que ainda não entendemos por que é tão imprevisível.

“Toto [Wolff] está jogando muito a palavra diva, mas acho que é um eufemismo, porque é muito imprevisível. Quando a coisa começa a saltar nas curvas, é mortal guiar.”

Russell admitiu que a equipe ficou perplexa com a maneira como sua forma caiu após um forte início na sexta-feira em Miami.

“Sabemos o tempo todo que há um carro de corrida rápido lá. Sexta-feira foi fora da curva, nós realmente não entendemos o porquê.

“Obviamente, Lewis fez um trabalho melhor do que eu, classificou em P6, mas mesmo com combustível e potência corrigidos, suas voltas mais rápidas foram na sexta-feira, enquanto todos os outros pilotos melhoraram em um segundo.

“Meu ritmo de corrida foi dois décimos mais lento que Leclerc na sexta-feira e hoje voltou a meio segundo a um segundo, então não sei.

“Eu adoraria lhe dar uma resposta para ser honesto. Temos os engenheiros mais brilhantes do negócio trabalhando dia e noite para tentar entendê-lo, e ainda não temos uma resposta clara sobre o porquê.

“Então, precisamos continuar analisando, e acho que este fim de semana pode se tornar um dos mais importantes quando olharmos para trás.”

Russel reconheceu que, no momento, quinto e sexto é um ótimo resultado para a Mercedes, dada a forma das duas principais equipes.

“Acho que é onde merecemos estar. Obviamente, tivemos um desempenho inferior em alguns outros circuitos, especialmente aos sábados, o que dificulta o nosso domingo.

“Com certeza, também neste fim de semana mostramos a maior promessa, mas ainda estamos muito longe.

“Quero dizer, há um carro rápido lá. Nós só temos que olhar para os dados de sexta-feira e compará-los com os dados de hoje e sábado e observar as diferenças. Mas é estranho, esse esporte às vezes é engraçado, e esses novos carros certamente são desafiadores.”

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #177 - Red Bull 'roubou' status de favorita ao título da Ferrari?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Pérez revela início de conversas com Red Bull para renovação de contrato
Artigo anterior

F1: Pérez revela início de conversas com Red Bull para renovação de contrato

Próximo artigo

F1: Ferrari acredita que vantagem da Red Bull seja de dois décimos

F1: Ferrari acredita que vantagem da Red Bull seja de dois décimos