F1: Sainz diz que Piastri estava “tentando fazer um movimento um pouco otimista” na curva 1 no GP da Bélgica

A dupla teve contato na primeira volta, com Sainz, que largou em quarto, travando e colidindo com Piastri na parte interna da curva 1

Carlos Sainz, Ferrari SF-23, Oscar Piastri, McLaren MCL60, collide at the start

Steven Tee / Motorsport Images

Carlos Sainz e Oscar Piastri tiveram um toque logo na curva 1 na primeira volta do Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1. O piloto da McLaren, Oscar Piastri, foi comprimido contra a parede, danificando a suspensão e rasgando a lateral do sidepod direito da Ferrari. Piastri desacelerou na descida para Eau Rouge e abandonou a corrida. Sainz seguiu na pista por mais voltas, mas teve que abandonar. 

Leia também:

Embora os comissários não tenham tomado nenhuma atitude sobre o incidente, Sainz disse que sentiu que o novato deveria ter cedido, especialmente porque Sainz estava no meio de uma luta com o piloto da Mercedes, Lewis Hamilton.

"Atingi o apex de forma limpa, mas infelizmente acho que Oscar estava tentando fazer um movimento um pouco otimista comigo, eu acho e sim, uma pena, porque quando você analisa as corridas anteriores aqui em Spa e sabe o que tem sido os incidentes típicos da curva 1, é exatamente isso".

"Todo mundo que tenta a linha interna na curva 1 e tenta realmente contornar lá normalmente gera um incidente ou um acidente e desta vez foi a minha vez", disse Sainz.

O piloto da Ferrari insistiu que não fechou demais a curva, embora tenha aceitado que travou e disse que "chegou perfeitamente ao apex e ultrapassou Lewis".

Ele disse que sabia que Piastri estava por dentro, mas acrescentou: “Em algum momento alguém precisa recuar e ele é o cara que está ao lado da minha retaguarda direita que eu acho que precisa recuar e se mover, não eu e deixá-lo passar por mim. Especialmente quando estou praticamente fazendo minha ultrapassagem em Lewis."

Sainz disse que o carro estava “praticamente impossível de dirigir”, mas continuou em caso de bandeira vermelha antes de desistir depois que a chuva passou.

Por sua vez, Piastri disse que sentiu que o incidente estava "firmemente na categoria de um incidente da primeira volta, curva 1", mas disse que foi "uma pena" depois de seu pódio na corrida sprint no sábado, terminando em segundo atrás de Max Verstappen.

Explicando o incidente, ele disse: “Fiz uma boa largada e então, quando chegamos à zona de frenagem, Carlos se moveu um pouco para a direita e travou e também tive que tentar evitar isso um pouco. Dali até o apex, minhas opções eram bastante limitadas sobre onde eu poderia ir."

“Vou olhar para trás e ver se havia mais que eu poderia ter feito, mas sim, é uma pena que estamos aqui e ainda não estamos no caminho certo.”

Piastri disse que sentiu que os dois pilotos “poderiam ter feito as coisas de maneira um pouco diferente”, mas acrescentou: “É uma curva 1 muito apertada, Carlos também não tinha muitas opções de onde Lewis estava, então é uma pena.”

Ele disse ao Autosport: “Acho que do ponto de vista de Carlos, a mudança para a direita me surpreendeu um pouco. Então, para mim, acho que a partir daí fiquei bastante limitado, talvez pudesse ter freado um pouco mais tarde e ficado mais ao lado, mas é muito fácil dizer isso em retrospectiva."

"Acho que uma vez que estava nessa posição, era muito difícil avançar ou retroceder, e fiquei meio preso. Tentei fazer o melhor que pude naquela posição, mas não havia muito que eu pudesse fazer.”

O australiano disse que sofreu um furo frontal e quebrou a direção no acidente, forçando-o a dirigir pela Eau Rouge “com cerca de 180 graus de travamento e ainda seguindo reto”.

Norris ironiza Hamilton e Pérez: passou do ponto?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se Red Bull de 2023 pode ser comparada à McLaren de 1988

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Hamilton 'cola' em Alonso e aumenta disputa no top 3; Russell e Leclerc empatam em pontos: confira tabelas
Próximo artigo F1 - Norris confirma erro de configuração do carro e se diz surpreso com resultado: "Não sei como acabei em P7"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil