F1: Schumacher e Ferrari cortarão laços ao fim da temporada 2022

Com fim da relação, alemão será agente livre na categoria a partir de 2023

Mick Schumacher, Haas F1 Team

O contrato original de Mick Schumacher com a Academia de Pilotos da Ferrari chegará ao que uma fonte chamou de 'fim natural' após o encerramento desta temporada da Fórmula 1.

Embora não tenha havido confirmação da Haas, é aceito no paddock que Schumacher não será contratado pela equipe norte-americana para uma terceira temporada em 2023, com Antonio Giovinazzi atualmente como favorito para conseguir a vaga ao lado de Kevin Magnussen.

Leia também:

As vagas restantes no grid incluem Alpine e Williams, com o amigo próximo de Schumacher, Esteban Ocon, o apoiando como candidato ao assento deixado por Fernando Alonso. Ele também foi associado a uma vaga na AlphaTauri, embora Colton Herta tenha surgido como um candidato mais provável caso surja um lugar disponível por lá.

Existe a possibilidade de que Schumacher possa perder no embaralhamento do mercado de pilotos nos próximos dias, podendo deixar a Alemanha sem representante na grid 2023, a menos que Nico Hulkenberg seja escolhido pela Alpine.

Schumacher se associou pela primeira vez à Ferrari no início de 2019, quando foi anunciado como membro da Ferrari Driver Academy, tendo vencido o campeonato europeu de F3 do ano anterior. Assim, ele se juntou a um grupo forte que incluía Callum Ilott, Marcus Armstrong, Robert Shwartzman e Enzo Fittipaldi.

Na época, a equipe enfatizou que as conexões de seu pai Michael com a Ferrari não foram a força motriz por trás da decisão de contratá-lo e que ele ganhou o apoio da FDA por mérito.

Mick Schumacher, Haas F1 Team

Mick Schumacher, Haas F1 Team

Photo by: Erik Junius

O chefe da equipe, Mattia Binotto, comentou: "Para alguém como eu que o conhece desde o nascimento, não há dúvida de que receber Mick na Ferrari tem um significado emocional especial, mas o escolhemos por seu talento e pelas qualidades humanas e profissionais que já distinguiram ele, apesar de sua pouca idade."

Ele fez seu primeiro teste de F1 no SF90 no Bahrein em abril de 2019, antes de fazer uma segunda saída pela Alfa Romeo no dia seguinte. Ele correu com o apoio da Ferrari para a equipe Prema F2 em 2019 e 2020, conquistando o título em sua segunda temporada.

Em setembro, ele ganhou mais milhas de F1 com o SF71H 2018 em Fiorano, antes do que deveria ser sua primeira vez em um TL1 com a Alfa Romeo em Nurburgring. No entanto, o mau tempo fez com que isso não acontecesse. Ele finalmente teve sua primeira sessão de TL1 com a Haas em Abu Dhabi.

A conexão com a Ferrari ajudou a impulsioná-lo para uma vaga na Haas em 2021 e, após uma temporada frustrante com um carro pouco competitivo, ele continuou com a equipe neste ano.

Uma série infeliz de acidentes não ajudou seu progresso, mas ele marcou seus primeiros pontos com um oitavo lugar em Silverstone, seguido de um sexto na Áustria. Schumacher foi em algum momento apontado como um potencial piloto de fábrica, mas o apoio a ele dentro do acampamento tem diminuído ultimamente.

Com Charles Leclerc e, mais recentemente, Carlos Sainz fechados em acordos de longo prazo, tornou-se óbvio que não há vaga no horizonte para Schumacher na equipe de fábrica.

Além disso, Valtteri Bottas e Zhou Guanyu são estabelecidos na equipe parceira da Ferrari Alfa Romeo, com a confirmação do piloto chinês em breve para 2023. Sob seu acordo atual com a Sauber, o patrocinador do título não tem mais a primeira reivindicação de um dos assentos para um piloto afiliado à Ferrari.

Podcast #192 – Sequência de corridas decidirá campeonato da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior RETA FINAL: Verstappen absoluto, Leclerc zicado e Alonso X Hamilton; veja debate
Próximo artigo F1: Mercedes 'em cima do muro' sobre mudar ou não conceito do carro para 2023

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil