F1: Mercedes 'em cima do muro' sobre mudar ou não conceito do carro para 2023

Equipe não sabe qual caminho tomar, uma vez que não tem confirmação de que a escolha será a correta

George Russell, Mercedes W13

Com a Mercedes ainda enfrentando batalhas para entender o W13, cuja forma é extremamente inconsistente, o tempo da equipe está se esgotando caso a montadora alemã queira fazer algo completamente diferente para o carro do próximo ano na Fórmula 1. E essa é uma decisão que ainda não foi tomada.

A escolha é difícil de se fazer porque a equipe ainda não entende completamente tudo o que deu errado com seu desafiante modelo de 2022, além de não haver oportunidades reais para experimentar ideias radicalmente diferentes este ano.

Leia também:

Isso significa que a equipe pode precisar dar um salto de fé em seguir em uma nova direção para a próxima temporada, sabendo que não há garantia de que será melhor. O chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse que as discussões sobre seu conceito de carro para 2023 começaram na fábrica, e a equipe precisaria se comprometer mais cedo ou mais tarde com o que está fazendo.

"É uma situação muito difícil porque obviamente temos um certo conceito de carro", explicou. "Não é que podemos experimentar muito este ano e simplesmente marcar as coisas e provar.

"Então, o que decidimos para o próximo ano deve ser avaliado cuidadosamente porque claramente nossos dados não nos dão os resultados e não se correlacionam com a realidade. Temos mudanças massivas no rendimento que realmente não podemos controlar.

"Neste mesmo momento, para tomar uma decisão para o próximo ano, seja o que for, como mudar o conceito drasticamente, como podemos ter certeza de estarmos certos de que essa é a melhor direção a seguir porque claramente começaremos um pouco atrás?

Enquanto a Mercedes seguiu sozinha com seu design 'zero-pod' este ano, em contraste com o conceito de downwash da Red Bull e o in-wash da Ferrari, a maior diferença entre os carros realmente está relacionada a como e onde eles produzem seu downforce.

George Russell, Mercedes W13

George Russell, Mercedes W13

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

A Mercedes só parece atingir o desempenho máximo quando o carro corre super perto do chão e é por isso que ele teve tanto problema com o porpoising e o assoalho batendo no chão. A Red Bull parece estar no outro extremo do espectro em ser capaz de oferecer seu melhor desempenho em alturas mais altas, o que foi um dos fatores para ser tão dominante em Spa-Francorchamps no último fim de semana.

Wolff está claro que uma mudança de conceito para a Mercedes provavelmente iria muito além de apenas ajustar seus sidepods.

"É muito difícil dizer qual é o conceito", disse ele. "É o chassi em sua forma atual? O que é isso? É distribuição de peso? É onde você pode colocar o equilíbrio mecânico e aerodinâmico? É o conceito da carroceria?

"Todos esses diferentes pilares do carro são avaliados e isso pode significar que alguns deles vão e outros ficam? É isso que estamos olhando no momento."

A situação da Mercedes também não foi ajudada pela chegada à F1 de um limite de custos, o que significa que ela também precisa lidar com as restrições financeiras. As opções no passado de gastar em um chassi de especificação B simplesmente não existem mais.

"Olhe para o chassi... não seríamos capazes de introduzir um chassi nessa fase da temporada", disse Wolff.

"Estamos muito acima do peso, o que não conseguimos resolver porque estamos testando peças no carro para resolver nossos vários problemas. Portanto, não podemos pagar por isso, ponto final.

"Assim, o objetivo da introdução do teto de custos atingiu absolutamente a meta. É o que eles queriam: conseguir que as grandes equipes não pudessem simplesmente gastar dinheiro com isso."

Podcast #192 – Sequência de corridas decidirá campeonato da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Schumacher e Ferrari cortarão laços ao fim da temporada 2022
Próximo artigo F1: Datena quase ‘mata’ Schumacher ao vivo em pleno Brasil Urgente

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil