F1: Veja o que Leclerc fez com a Ferrari com que venceu em Monza e Spa

Piloto monegasco conseguiu que equipe lhe desse carro de seus triunfos no GP da Bélgica e da Itália de 2019

F1: Veja o que Leclerc fez com a Ferrari com que venceu em Monza e Spa

Charles Leclerc conseguiu que a Ferrari lhe desse o carro com que venceu no GP da Bélgica e da Itália de 2019, mas o monegasco não tem espaço o suficiente em casa para guardá-lo. 

Leclerc chegou à Scuderia há dois anos e, em sua primeira temporada com a equipe de Maranello, conquistou duas vitórias, que até agora são as últimas da Ferrari na Fórmula 1.

Leia também:

A primeira aconteceu no circuito de Spa-Francorchamps no dia 1º de setembro de 2019, um dia após a trágica morte de Anthoine Hubert, amigo de Leclerc, e uma semana depois ele repetiu o feito em Monza para o delírio dos tifosi.

Depois da primeira campanha na Ferrari, o monegasco assinou uma extensão do contrato com a equipe em dezembro para até o final de 2024 e aproveitou para fazer um pedido aos líderes do time: que lhe deem o carro de seus dois triunfos.

“Depois do meu primeiro ano com a Ferrari, eu assinei um novo contrato por muito mais tempo, e um dos meus desejos era este, e a Ferrari teve a gentileza de aceitá-lo. E estou muito feliz porque obviamente é uma memória que guardarei para sempre ", disse Leclerc recentemente em Ímola.

“É o mesmo chassi com que ganhei em Monza e em Spa, as minhas duas vitórias na F1. Por isso é um carro muito especial para mim. Agradeço-lhes por terem aceitado."

É claro que nem todos podem manter um carro de F1 na garagem e o caso de Leclerc, por enquanto, não é exceção, por isso ele pediu um favor a um compatriota.

“Vai ficar na coleção do Príncipe de Mônaco, por isso está em boas mãos. Porque não tinha espaço suficiente na sala do meu apartamento. Tenho que melhorá-lo para ter um pouco mais de espaço para o carro", brincou o monegasco.

Questionado se o piloto tem outros carros que já correu anteriormente, Leclerc respondeu: "Não, de jeito nenhum. É algo que eu gostaria de fazer no futuro. Por enquanto, este é o primeiro que tenho, mas é um muito bom."

“Tenho em casa o primeiro kart com que corri e o primeiro na Fórmula 1 com que venci, por isso acho que é um bom começo, mas não tenho outro”, concluiu.

SAIBA como Leticia DATENA se libertou da 'SOMBRA' do pai e ganhou vida própria no AUTOMOBILISMO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Por que temporada de 2021 promete ser a mais equilibrada dos últimos anos?

 

compartilhar
comentários
F1: Ocon pede que Alpine o escute "tanto quanto ao Alonso"

Artigo anterior

F1: Ocon pede que Alpine o escute "tanto quanto ao Alonso"

Próximo artigo

F1: Ricciardo diz que "não subestimou" tempo de adaptação na McLaren

F1: Ricciardo diz que "não subestimou" tempo de adaptação na McLaren
Carregar comentários