Fórmula 1 GP de Singapura

F1: Verstappen admite que “gostaria que Ferrari ainda estivesse na briga”

Holandês também considera irrealista conquistar título de 2022 em Singapura

Max Verstappen, Red Bull Racing

Max Verstappen acha que é “um pouco irrealista” ele vencer o campeonato mundial de Fórmula 1 no GP de Singapura neste fim de semana.

O piloto da Red Bull está a caminho de seu segundo título mundial depois de dominar grande parte da temporada, e sua primeira oportunidade vem no circuito de Marina Bay.

Leia também:

Mas com o título fora de suas mãos, já que ele precisa que Sergio Pérez e Charles Leclerc não pontuem bem, ele não espera conquistar a coroa desta vez.

“Eu preciso vencer e Checo precisa terminar em quarto ou menos e Charles em oitavo ou menos”, disse ele na quinta-feira.

“É um pouco irreal que isso aconteça. Então eu realmente não penso nisso.

“É um tiro no escuro. E eu só quero aproveitar o fim de semana. E, claro, tentar vencer.”

Embora tenha havido muita expectativa sobre a oportunidade do título de Verstappen neste fim de semana, o holandês disse que preferiria vencê-lo no Japão.

Com a F1 retornando à Ásia pela primeira vez desde a pandemia, um triunfo na casa da Honda significaria muito mais.

“Acho que o Japão é mais legal”, disse ele. “Estou muito animado para voltar lá. Faz algum tempo. É uma pista incrível. E para mim, de qualquer maneira, tenho memórias muito especiais lá.

Max Verstappen, Red Bull Racing, speaks to the media

Max Verstappen, Red Bull Racing, speaks to the media

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

“A primeira vez que pilotei um carro de F1 foi no TL1 e sempre me lembrarei disso. E além disso, sim, é uma espécie de GP caseiro com a Honda.

“E também acho que [será] minha primeira oportunidade de ganhar o título. Então, sim, é claro, estou ansioso por Singapura agora. Mas também estou muito animado para o próximo fim de semana.”

Embora o fim precoce da batalha pelo campeonato seja bem-vindo para Verstappen, garantindo um final menos estressante para a campanha, ele admite que parte dele desejava que a Ferrari tivesse lutado mais este ano.

Charles Leclerc começou o ano em grande estilo, vencendo duas das três primeiras corridas e, inicialmente, desfrutando de uma vantagem de 34 pontos na classificação após o Grande Prêmio da Austrália.

No entanto, uma combinação de baixa confiabilidade, erros de estratégia e erros de condução descarrilou a campanha dele e da Ferrari e abriu a porta para Verstappen se afastar bem na classificação.

Questionado se parte dele desejava que a Ferrari não tivesse deixado cair a bola, Verstappen disse: “Quero dizer, há dois lados. Sim, de certa forma, eu gostaria que eles ainda estivessem na briga.

“Mas, do meu lado, claro, também é bom vencer de uma forma mais calma. Mas acho que é bom ver que eles são muito competitivos este ano em comparação com os últimos anos, e acho que é disso que a F1 precisava.”

BEBEDEIRA e ZOEIRA: Rubinho e Massa citam Kimi, Schumi e Alonso como PARÇAS. Mas quem são os CHATOS?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast #197 - Na berlinda, qual será o futuro de Ricciardo e Schumacher?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior ANÁLISE F1: Por que Singapura continua sendo desafio mais desgastante para os pilotos?
Próximo artigo F1: Russell acredita que Mercedes terá "carro mais completo" em 2023

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil