F1: Verstappen é multado após toque em carro de Hamilton no parque fechado

Piloto tocou em carro da Mercedes, o que é proibido pela regra, mas se livrou de punição esportiva e terá que pagar 50 mil euros

F1: Verstappen é multado após toque em carro de Hamilton no parque fechado

O fim de semana do GP de São Paulo da Fórmula 1 está agitado em seus bastidores. Enquanto a Mercedes de Lewis Hamilton ainda está sob investigação por causa da abertura da asa móvel, Max Verstappen também teve que conversar com os comissários sobre o fato de ter tocado no carro #44 logo após o classificatório nesta sexta-feira, dentro do parque fechado.

Após investigação, que contou com a presença do piloto e de câmeras que acompanharam o momento pós-quali, Verstappen foi multado em 50 mil euros pelo ato, por violar o Artigo 2.5.1 do Código Desportivo Internacional, sem tomar qualquer outra punição esportiva.

Leia também:

O artigo 2.5.1 do ISC diz: “Dentro do Parque Fechado, apenas os oficiais designados podem entrar. Nenhuma operação, verificação, ajuste ou reparo é permitido, a menos que autorizado pelos mesmos funcionários ou pelos regulamentos aplicáveis.”

Os comissários conversaram com Verstappen e analisaram as filmagens dos fãs, bem como as as câmeras onboard dos carros de Verstappen, Hamilton, Valtteri Bottas e Fernando Alonso.

É importante ressaltar que os comissários observam que houve "força insignificante quando Verstappen tocou a asa" do carro de Hamilton, vinculando à investigação em andamento sobre a falha do DRS da Mercedes nas verificações pós-sessão.

Os comissários reconheceram que inspecionar e tocar em outros carros se tornou "um hábito para os pilotos" que era "principalmente inofensivo", mas, no entanto, observaram que era uma violação do regulamento do parque fechado e "tem potencial significativo para causar danos".

Como resultado, os comissários sentiram que era importante agir e multar a Verstappen em € 50.000, além de acrescentar que “pretende-se que todas as equipes e pilotos tomem conhecimento de que futuras violações podem incorrer em penalidades diferentes dos comissários desses eventos”.

Isso significa que Verstappen manterá o segundo lugar no grid para a corrida de sprint, e estaria na linha de herdar a pole position caso Hamilton fosse excluído dos resultados de qualificação.

Verstappen segue para a corrida de 24 voltas de sábado em Interlagos com 19 pontos de vantagem sobre Hamilton no campeonato de pilotos, com três pontos em oferta para o vencedor da corrida de sábado.

O resultado da corrida de velocidade definirá o grid para o domingo, mas Hamilton terá uma queda de cinco posições no grid, independentemente da decisão dos comissários em sua asa devido a uma penalidade no motor.

EXCLUSIVO: Nelson Piquet compara Max Verstappen e Lewis Hamilton

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #145 - TELEMETRIA: Rico Penteado analisa fim de semana em Interlagos

 

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Entenda as questões por trás das investigações de Hamilton e Verstappen
Artigo anterior

F1: Entenda as questões por trás das investigações de Hamilton e Verstappen

Próximo artigo

F1: Hamilton é desclassificado por irregularidade no DRS e larga em último na Sprint de Interlagos

F1: Hamilton é desclassificado por irregularidade no DRS e larga em último na Sprint de Interlagos
Carregar comentários