Fórmula 1 GP de Singapura

F1: Verstappen e Pérez lamentam Safety Car "na hora errada" no GP de Singapura

Dupla da Red Bull argumentou que estavam em momentos ruins nas duas vezes que o safety car foi acionado. Ambos estavam tentando uma estratéfia diferente após resultados ruins na classificação

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Max Verstappen não conseguiu vencer em Singapura, no GP da Fórmula 1, colocando um fim na sequência de vitórias. Apesar de entender que seria difícil vencer largando em 11º, Verstappen disse que, se o safety car tivesse colaborado na estratégia pensada pela Red Bull, ele lutaria mais a frente. Pérez também reclamou que nada funcionou para ele. 

O piloto holandês disse que tudo foi contra a Red Bull. "Na corrida com os dois safety cars, então foi possivelmente também o pior cenário, pois eu realmente acho que se os safety cars funcionassem um pouco mais a nosso favor, eu estaria lutando com os caras [na frente]. Especialmente no último trecho, foi bastante fácil". Verstappen chegou em quinto lugar na bandeirada final. Nos momentos de intervenção do safety car, o piloto confessou que pensou que foi exatamente na hora errada e no ponto errado. 

Leia também:

Durante todo o fim de semana, a Red Bull teve dificuldade em imprimir um bom ritmo, como vinha fazendo nas últimas corridas. Verstappen revelou que a equipe suspeita de problemas. 

"É claro que aprendemos bastante com hoje e talvez o que fizemos de errado ontem, não posso entrar em detalhes, mas o problema é que só podemos mostrar se no ano que vem se solucionamos, se está melhor ou não [em Singapura]."

O piloto espera que a Red Bull "volte ao normal" em Japão. "Nós temos algumas ideias do que pode ser o problema, mas não posso falar. Essa pista é muito diferente de Suzuka, que não podemos comparar. A configuração do carro é diferente".

Verstappen se demonstrou despreocupado com as estatísticas. Ele foi ultrapassado pela primeira vez em 2023. "Uma estatística sem sentido, não me importo com isso. Eu também estava com pneus velhos, então não há muito que você possa fazer", argumentou.

Já com relação ao recorde de vitórias consecutivas, Verstappen disse que sabia que um dia iria acabar. "Eu sabia que esse dia chegaria, então para mim está tudo bem".

Por su vez, Pérez disse que a corrida foi como esperado e nada funcionou para ele. "Os safety car, aconteceram no pior momento. Não foi nosso dia. Estávamos com uma estratégia diferente de todos os outros, então acho que foi o melhor que pudemos fazer."

Pérez foi punido em 5s por ter causado colisão na pista, mas não alterou a classificação do piloto que terimou a corrida em oitavo lugar.  "Com Alex, assim que lancei não tinha para onde ir na curva 13 e depois que ele arrancou eu simplesmente fui. É sempre muito complicado fazer uma jogada aqui. Acho que Albon manteve a posição, então não acho que haja problema".

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #247 - Há espaço para Drugovich na F1 em 2024? E Norris na Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Norris bateu no mesmo muro que Russell na última volta do GP de Singapura
Próximo artigo F1: "Pior sensação do mundo", diz Russell após batida em Singapura

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil