F1: Vettel negocia volta às pistas como companheiro de Button e Kubica

Vencedor do GP do Canadá de 2008 com a BMW-Sauber, polonês pode se juntar a campeões da F1 em time que opera o Porsche modelo 963 no WEC; veja no Motorsport.com

Sebastian Vettel

Segundo a revista germânica Auto Motor und Sport, o tetracampeão de Fórmula 1 Sebastian Vettel considera um retorno competitivo às pistas no ano que vem para disputar o Campeonato Mundial de Endurance (WEC, na sigla em inglês).

Ainda de acordo com o veículo jornalístico alemão, a volta do piloto ao automobilismo se daria com a equipe Jota, cliente da Porsche, e o germânico pode ser companheiro de outros dois ex-F1: Jenson Button, campeão da categoria máxima em 2009, e Robert Kubica, vencedor de um GP.

O editor recomenda:

O trio composto pelos competidores de Alemanha, Grã-Bretanha e Polônia disputaria, então, a temporada do WEC com um Porsche 963 operado pelo time britânico, conforme reportado pelo respeitado jornalista germânico Michael Schmidt, que, além de compatriota, é próximo de Vettel.

Neste fim de semana, no qual Seb se fez presente no GP do Japão para uma atividade, o repórter questionou o tetracampeão sobre as conversas com a Jota e obteve a seguinte resposta: "Nada foi assinado ou decidido, mas tenho o assunto em mente. Ainda tenho tempo para decidir".

“Se em algum momento eu chegar à conclusão de que [minha vida] não funciona sem corridas, então voltarei a pilotar", completou Vettel. Quanto a Kubica e Button, a contratação de ambos depende de alguns acertos. 

O polonês está pilotando no WEC pela WRT, mas já está em conversas com a Jota, que também negocia com Button. Campeão da F1 pela Brawn, o britânico correu as 24 Horas de Le Mans de 2023 com o projeto 'Garage 56', que adaptou o atual carro da NASCAR para a prova em La Sarthe.

A conquista de Le Mans, aliás, seria o grande motivo por trás da empreitada de Vettel. Quando ainda corria na F1, o alemão já havia manifestado seu interesse na corrida e agora a participação pode acontecer. Justo em um momento de alta do WEC, que terá nove montadoras em 2024.

Até por isso, as fabricantes têm buscado nomes de peso para o grid: se a Porsche pode ter Vettel como representante via Jota, a também germânica BMW pode ter o heptacampeão da MotoGP Valentino Rossi, italiano que virou piloto de GTs após sua aposentadoria da motovelocidade. A Alpine, por sua vez, negocia com o alemão Mick Schumacher, atual reserva da Mercedes na elite global do esporte a motor após ser dispensado pela Haas no fim do campeonato de 2022 da F1.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast debate tensão interna na Mercedes e até quando Pérez 'sobrevive' na Red Bull

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Após revolta e dedo do meio, Ocon e Gasly dão suas versões para ordens da Alpine
Próximo artigo RETA FINAL: Verstappen volta ao topo, Drugo tem novo concorrente e Alpine e Mercedes vivem tretas

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil