Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Force India: Mallya está “devastado” após acontecimentos

compartilhar
comentários
Force India: Mallya está “devastado” após acontecimentos
30 de jul de 2018 11:21

O fundador da Force India, Vijay Mallya, está se sentindo “devastado” após os desdobramentos da última semana, que fizeram com que a equipe da F1 entrasse em administração judicial. A revelação foi feita por Bob Fernley, chefe da equipe anglo-indiana.

Na última sexta-feira, a Force India foi posta em administração judicial após audiência realizada na corte de Londres. Credores da equipe (incluindo Sergio Pérez, Mercedes e a patrocinadora BWT) entraram na justiça, e foi determinado que as operações da escuderia passassem às mãos de uma administração independente.

Isso permite que a Force India continue com suas operações em andamento até a procura por um novo investidor ou comprador.

Leia também:

Fernley, braço direito de Mallya na gestão da equipe, reagiu à notícia: “Acho que ainda há mais coisa por vir”, disse, segundo a agência Reuters.

“Ele [Mallya] poderá discutir diretamente com o administrador sobre o futuro da equipe. Vijay certamente não ficará no caminho para garantir que a equipe esteja totalmente apoiada. Não é sua forma de fazer as coisas.”

“Essa equipe significa muito para ele, e ele está devastado com a situação que temos no momento. Mas, como acionista majoritário, ele espera que possa garantir que a equipe esteja nas mãos corretas para seguir em frente e fazer coisas melhores.”

Fernley também rebateu a declaração de Pérez de que seu processo foi feito como último recurso para salvar a equipe.

Leia também:

“Sei de forma categórica que Vijay tinha algumas soluções razoáveis a tudo para poder manter o time seguindo em frente. Esse processo certamente afetou os planos”, contou.

“Tudo o que sei é que, de nosso ponto de vista, foi uma manobra inesperada. E Vijay certamente não estava esperando por isso.”

Próximo artigo
Alonso admite que ultrapassagem de Grosjean foi justa

Artigo anterior

Alonso admite que ultrapassagem de Grosjean foi justa

Próximo artigo

Raikkonen diz que terceiro na Hungria “não foi final feliz”

Raikkonen diz que terceiro na Hungria “não foi final feliz”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Force India