Últimas notícias

Fórmula Verstappen? Holandês seria líder do Mundial de Construtores da F1 se fosse equipe própria

Sozinho, holandês somou mais pontos que as duplas das outras nove equipes até o momento

Max Verstappen, Red Bull Racing, 1st position, celebrates on arrival in Parc Ferme

Se em 2022 Max Verstappen conquistou o bicampeonato da Fórmula 1 de forma dominante, em 2023 o holandês vai encaminhando do tri de forma ainda mais acachapante. Até agora, o piloto da Red Bull tem sete vitórias em nove GPs e mais dois triunfos nas corridas sprint, e o total de pontos acumulados por Max o colocariam como líder para além do Mundial de Pilotos.

Até o momento, Verstappen possui um registro quase perfeito no campeonato de 2023. Além das nove vitórias no ano (7 GPs + 2 sprints), o holandês ainda subiu ao pódio na segunda colocação nas duas provas nas quais perdeu para Sergio Pérez (Arábia Saudita e Azerbaijão), tendo ainda quatro dos nove pontos extras distribuídos pela volta mais rápida.

Leia também:

Com isso, Verstappen soma 229 pontos no Mundial, de 250 já disputados até aqui na temporada 2023. Ele já abre 81 de vantagem para Pérez, mais do que o distribuído em 3 GPs.

O que chama a atenção no ano de Verstappen é o fato de que esse total lhe daria a liderança em ambos os Mundiais da F1. Se fosse uma equipe própria, o holandês seria também o líder entre os Construtores. 

No momento, a Red Bull possui 377 pontos no Mundial de Construtores, contra 178 da Mercedes. Somente os pontos de Verstappen já dariam ao time austríaco a ponta da tabela, com uma vantagem de 51 para o time alemão.

Essa informação ajuda a dar contexto ao tamanho do domínio exercido por Verstappen até aqui na temporada 2023, com o holandês ajudando a Red Bull a se aproximar de um recorde histórico da McLaren: caso vença os próximos 3 GPs (Grã-Bretanha, Hungria e Bélgica), o time austríaco bate a marca da equipe de Woking como a maior sequência vitoriosa da história da F1 a partir do início do campeonato, obtida com Ayrton Senna e Alain Prost em 1988 com o MP4/4.

E, para muitos, o domínio e a confiabilidade do carro da Red Bull é tamanho que não é impossível para a equipe austríaca fazer a limpa, vencendo todas as corridas da temporada 2023. Lembrando que, além dos 22 GPs programados, temos mais 6 sprints, totalizando 28 provas, sendo que, destas, já tivemos 9 GPs e duas corridas de sábado.

Confira a classificação do Mundial de Construtores:

Equipe Pontos no Mundial até o GP da Áustria
Red Bull 377
Max Verstappen 229
Mercedes 178
Aston Martin 175
Ferrari 154
Alpine 47
McLaren 29
Haas 11
Alfa Romeo 9
Williams 7
AlphaTauri 2

Quem desbancaria Verstappen na Red Bull?

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: Leclerc na Aston? Volta de Ricciardo? Sainz na Audi? O que vem por aí para 2024?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Artigo anterior Horner critica ideia de Hamilton sobre desenvolvimento dos carros na F1
Próximo artigo F1: Leclerc aponta fator que pode deixar Ferrari 'exposta' em Silverstone; entenda
Assinar